archiveArchives

Francisco Jarismar de Oliveira (Mazinho) é Mestre em Ensino pela UERN. Licenciado em História pela UFCG; Especialista em Informática em Educação pela UFLA e Servidor Público Federal do IFPB.

O luxo do lixo

“Nada mais cretino e mais cretinizante do que a paixão política. É a única paixão sem grandeza, a única que é capaz de imbecilizar o homem.” (Nelson Rodrigues) Francisco Jarismar...

E então, que quereis?

“O Brasil é um asilo de lunáticos onde os pacientes assumiram o controle.” (Paulo Francis) Francisco Jarismar de Oliveira | Colunista Por mais que quiséssemos ser otimistas, o cenário é...

Há 80 anos apagou-se o Lampião

“Diga a ele que eu não tenho medo de boi velhaco, quanto mais de bezerra.” (Lampião para o Tenente João Bezerra) Francisco Jarismar de Oliveira | Colunista Do outro lado, na margem alagoana do rio São Francisco, Corisco ainda ouviu os estampidos mas nada pode fazer para defender o amigo e Capitão Lampião. Era madrugada de 28 de julho do ano de 1938. Há exatos 80 anos passados o sertão nordestino gravava para história um celeiro de fatos e mitos e, no imaginário popular, imortalizava o heroi/bandido Virgulino Ferreira da...

Neymar e o reflexo da nossa agonia

“Muitas vezes é a falta de caráter que decide uma partida. Não se faz literatura, política e futebol com bons sentimentos”. (Nelson Rodrigues) Francisco Jarismar de Oliveira | Colunista Na vigésima primeira edição do Campeonato Mundial de Futebol FIFA, acontecendo na Rússia, neste mês, já podemos desembrulhar algumas observações sem receio de exagero ou precipitações. Algumas constatações já eram esperadas, só não tínhamos como dimensionar a forma e os feitos em seu protagonismo. Taí o VAR, o machismo brasileiro e o Neymar para nos atestar os rumos que essa copa...

Os “coxinhas” vão a Moscow

“Aqui na terra tão jogando futebol Tem muito samba, muito choro e rock'n'roll Uns dias chove, noutros dias bate sol Mas o que eu quero é lhe dizer que a coisa aqui tá preta.” (Chico Buarque) Francisco Jarismar de Oliveira | Colunista Mais um mundial de futebol da FIFA e a euforia toma conta do povo brasileiro. No pais onde um jogador de futebol é milhões de vezes melhor remunerado que um professor;onde as torcidas “organizadas” protagonizam batalhas urbanas com homicídios cruéis e covardes;onde o sonho de muitos pais é...

Eu fico! Vocês passam

"Se é para o bem de todos e felicidade geral da Nação, estou pronto! Digam ao povo que fico" (D. Pedro I) Francisco Jarismar de Oliveira | Colunista Em 9 de janeiro de 1822, o entãopríncipe regente do Brasil, Pedro de Alcântara Francisco Antônio João Carlos Xavier de Paula Miguel Rafael Joaquim José Gonzaga Pascoal Cipriano Serafim de Bragança e Bourbon historicamente grafado como D. Pedro I, não acatou ordens das Cortes Portuguesas para que deixasse imediatamente o Brasil, retornando para Portugal. Já em 24 de maio de 2018, 196...

Nove alunos e um segredo

Faz parte da humanidade de um mestre advertir seus alunos contra ele mesmo. (Friedrich Nietzsche) Francisco Jarismar de Oliveira | Colunista Receber instrução e formação dos muitos professores e, com isso, gradualmente, ampliar sua percepção e compreensão do mundo, da sua própria personalidade e persona, eis a tarefa cotidiana do alumnus. À medida que avança em sua trajetória acadêmica ampliam-se os seus horizontes. Na mesma proporção expande-se as responsabilidades dos seus mestres em ajudá-los na preparação para a vida ante toda a sua complexidade e escolhas. Não. Aluno não quer...

Nem sempre foi assim, mamãe!

A maternidade tem um efeito muito humanizador. Tudo fica reduzido ao essencial. (Meryl Streep) Francisco Jarismar de Oliveira | Colunista Nem sempre foi assim, tão meigo, tão doce, tão emocionante e transcendental. O dia das mães, nem sempre existiu, muito menos da forma como o vivenciamos nos dias de hoje. No patriarcalismo imperante na história humana não houve espaço para esses sentimentalismos. A mulher não foi amada por sua maternidade durante um bom tempo histórico. Essa adoração é recente e sinaliza a maturidade da nossa espécie. Somos o único animal...

Os 13 milhões de maio

“A emancipação dos trabalhadores será obra dos próprios trabalhadores.” (Karl Marx) Francisco Jarismar de Oliveira | Colunista Em 1886, as ruas de Chicago foram tomadas pela manifestação de 500 mil trabalhadores, a América fervia na temperatura dos movimentos sindicais. Já em 1891, acontecia, na França, o Congresso Operário Internacional que foi uma manifestação anual em homenagem aos movimentos e lutas sindicais ocorridas em Chicago, 5 anos antes. Assim, nascia a data do 10 de maio como Dia do Trabalho. A concepção histórica do trabalho é vertente de muitas interpretações e...

O Quinto dos infernos

“Se todos quisermos, dizia-nos há quase 200 anos, Tiradentes, aquele herói enlouquecido de esperança, poderemos fazer deste país uma grande nação. Vamos fazê-la.” (Tancredo Neves) Francisco Jarismar de Oliveira | Colunista As semanas passada e presente foram ponteadas por datas de significativa importância para a história do Brasil e que nos convidam a uma oportuna reflexão: qual sentido podemos, hoje, extrair do assassinato de Joaquim José da Silva Xavier, acontecido em 21 de abril de 1792 e qual o propósito de Pedro Álvares Cabral ter aportado na Terras de Vera...

A aleatoriedade da vida

“Tempos difíceis criam homens fortes. Homens fortes criam tempos bons. Tempos bons criam homens fracos. Homens fracos criam tempos difíceis.” Francisco Jarismar de Oliveira | Colunista Por muito tempo a humanidade viveu reservada ao momento presente. Os fatos, os acontecimentos, as atitudes foram guiadas pelo acaso num processo de descoberta livre e espontânea do mundo e suas leis naturais. As ações eram circunstanciais e habitavam no universo do casual, da porventura, da “sorte”. Com o passar do tempo aprendemos a falar, a domesticar a nossa comunicação, e a partir daí...

“Eu repito com a convicção mais veemente: a verdade está a caminho, e nada vai impedi-la”

"Estarei com vocês, se quiserem, pelo tempo que possa ser útil, e se a natureza não decidir antes de mim. Nem um minuto antes, nem um segundo depois. Agora compreendo que o meu destino não era vir ao mundo para repousar até o fim da minha vida" (Fidel Castro) Francisco Jarismar de Oliveira | Colunista Intitulamos o texto com a frase do grande escritor, romancista e jornalista francês Émile-Edouard-Charles-Antoine Zola (1842-1902). Com isso queremos abrir as janelas e futuramente as portas, para a luz que se enxerga no fim do...
1 2 3 4
Page 2 of 4