As dificuldades na Educação

As dificuldades que os professores enfrentam a cada dia nas escolas estão transformando o aprendizado em algo misterioso e difícil de ser entendido. A concorrência com o meio social está bastante avançando e há certo distanciamento de compreensão entre os alunos e a maioria dos professores. Se os alunos insistem em usar o celular na sala de aula, se o professor reclama cria um grande desentendimento entre ele e o aluno. Por que não criar aulas que necessitem desta mídia para o entendimento dos conteúdos. Será que isso é possível?

Diversos meios estão influenciando certo distanciamento entre professor e o aluno, está mais do que comprovado que os meios antigos, como quadro, conteúdos copiados e explicações vocais, estão longe da realidade pretendida pelo maioria dos alunos e ainda tem outros fatores como: redes sociais, o consumo de drogas, a infiltração incontrolada dos entorpecentes na periferia das escolas, a falta de perspectiva de um futuro melhor e outros entreves que aparece entre a maioria dos jovens e sua vivência na escola e na sociedade. Outro ponto a ser destacado é a falta de incentivo do governo, tanto financeiro como os meios de interatividade que falta para o professor nas escolas. Hoje em dia tem na internet diversos meios para lecionar on line, mas as escolas fazem de conta que tem internet e quando possui a velocidade é tão reduzida que não presta para trabalhar com os alunos. Dinheiro para a educação tem muito, mas a maioria dos governantes aplicam as verbas de forma errada e mal planejada, muitas vezes gastam o dinheiro com meios que não condiz com a realidade local.

“Manter os alunos concentrados em sala de aula nunca foi tarefa fácil. Porém, nos dias de hoje, há cada vez mais distrações com as quais o professor precisa disputar a atenção dos estudantes. Do smartphone que não para de vibrar com notificações muito mais atrativas que o conteúdo da disciplina ao simples descaso com o aprendizado na escola, passando pelas frequentes conversas paralelas com os colegas, conquistar uma turma e mantê-la engajada é uma missão cada vez mais desafiadora. Apesar da dificuldade inicial, existe profissionais que conseguem essa façanha por meio de estratégias inusitadas, que proporcionam uma aproximação com o aluno de tal forma que o deixa naturalmente interessado em participar e se relacionar com o professor e os colegas”.

A vida na escola é sempre um panorama de desafio, o governo alega falta de recursos e o grande desafio é entregue de forma aleatória e muita vezes impondo a tarefa para o professor, neste contexto, não fornece os meios interativos para realizá-la. O jogo é duro e o resultado é triste por que o professor não consegue mais realizar o seu objetivo em sua totalidade.  A vida na escola se torna mais estressantes e acobertado por labores que não condiz com a realidade desejada.

Com as denuncias de vários seguimentos administrativos em Brasília, uma série de revelações e acusações de políticos e seu envolvimento em desvio do dinheiro público, o país está parado, difícil é saber quem é mais corrupto em incriminações e a forma transitória de governo a cada dia dificulta a realização de projetos, por que verba tem, mas a falta de interesse e a estabilidade administrativa é um dos fatores que mais contribui para o desgastas e o atraso na liberação dos recursos.

Em não se fechar o momento de acusações e defesas da presidente Dilma, o país vai continuar sem projetos. Não só a educação mais todos os setores são atingidos de forma direto. O resultado é imprevisível e a estabilização da economia no Brasil vai demora.

Francisco Inácio de Lima Pita

Francisco Inacio Pita

Francisco Inacio Pita

 

Francisco Inácio de Lima Pita é Radialista e Professor Licenciado em Ciências e Biologia pela UFPB e UFCG respectivamente. Atualmente é professor aposentado por tempo de serviço em sala de aula, escritor dos livros CONCEITOS E SUGESTÕES PARA VIVER BEM O MATRIMÔNIO, AS DROGAS E A RETA FINAL DA VIDA E VARIAÇÕES POÉTICAS e tem outros livros em andamentos, mora atualmente na cidade de São José de Piranhas – PB. Produz e apresenta todos os sábados o Jornal Terra News pela Rádio Terra Nova FM, 88.7 MHz.

pittadoradio@gmail.com