VÍDEO: Presidente da Câmara de Sousa destaca ações na condução do legislativo e rebate críticas à sua gestão

Por:

Em entrevista ao site Radar Sertanejo, no último fim de semana, o presidente da Câmara Municipal de Sousa, Radamés Estrela (PDT), avaliou como positivo o resultado do trabalho a frente do legislativo no primeiro semestre de sua gestão e rebateu algumas críticas feitas por setores oposicionistas do município.

Com um tom pacificador, ele disse que tem enfrentado resistência de algumas pessoas da cidade que ainda não aceitaram ele ser o presidente da Casa Otacílio Gomes de Sá. “Mas eu passei esses seis meses somente escutando algumas pessoas que não fazem bem a nossa cidade, não possuem o que mostrar e muito menos moral de falar de quem trabalha”, ponderou.

Durante coletiva, ele expôs para a imprensa as receitas, despesas e quanto tem em caixa, na última sexta-feira (14), fazendo uma prestação de contas do seu trabalho.

Ainda sobre as acusações, Radamés Estrela ressaltou que antigamente Sousa era administrada por grupos políticos que porque pensam que têm dinheiro queriam mandar nos poderes, tanto Executivo como Legislativo.

“Quando nós surgimos na política o povo reconheceu nosso trabalho porque eu vim de uma família simples, humilde. Eu sou agricultor, fui vendedor de pão, de dindin, fundador do mototáxi de Sousa, trabalhei de agente do PEVA, fui motorista de ambulância e hoje sou o vereador mais votado e sou presidente vindo da zona rural, por isso tenho uma história a contar. Diferente daqueles que me acusam e me atacam, que eu tenho certeza de uma coisa, eles não têm coragem de deitar na cama com os familiares e contar o seu passado”. [vídeo acima]

Por fim ele disse que não temerá enfrentar nenhum, “porque o ódio e a inveja de vocês eu vou responder aos que me acusam com trabalho e transparência”.

Na sexta-feira a câmara doou um carro para servir a Secretaria Municipal de Saúde no valor de R$ 40 mil e mais um cheque de R$ 10 mil, totalizando R$ 50 mil.

Assista a entrevista na íntegra ao vídeo acima.

Por Dida Gonçalves
Radar Sertanejo

Notícias relacionadas:

Policial
Cultura
Cidades