Sem água, três cidades e distritos do Alto Sertão à beira do colapso

Por:

https://i2.wp.com/i.ytimg.com/vi/5r_XExGzfVY/hqdefault.jpg?resize=304%2C228O que parecia não acontecer prá muita gente, à seca do açude de São Gonçalo em Sousa, que tem a capacidade total de 44,6 milhões e abastece as cidades de Sousa, Marizópolis, Nazarezinho e os Núcleos Habitacionais, I, II e III, e hoje é uma realidade e se encontra apenas com pouco mais de 4%, causado falta d’água em vários bairros da cidade.

Segundo informações, tem bairros que há cerca de 15 dias não chega água nas torneiras, obrigando a população a compra o líquido precioso através de carros pipa. De acordo ainda com informações, mil litros d’água estão custando em torno de 25 a trinta reais, valor muito caro para a população carente pagar.

Uma adutora com estação de tratamento foi construída pelo Governo do Estado no Alto do DNOSCS para amenizar o problema, que está pronta, mas até o presente não foi liberada para o funcionamento. Em alguns bairros foram furados poços artesianos pela prefeitura, mas não está sendo suficientes para atender a demanda e em algumas localidades já foi registrado até briga pelo líquido precioso.

Sertão Informado

Notícias relacionadas:

Política
Paraíba
Brasil