Atitude do presidente da câmara tumultua sessão

Por:

MONTE HOREBE- A atitude do vereador e presidente da Câmara municipal de Monte Horebe no Alto Sertão, Luciê Dias (PDT), chamou a atenção na última sexta-feira (23) ao interromper o som do microfone de uma espectadora durante sessão ordinária.

A sessão tinha em pauta a discussão sobre a elaboração de um documento parlamentar para solicitar do poder executivo de Monte Horebe medidas administrativas para retirar animais das vias públicas e a construção de um curral, onde para retirar o ‘bichos’ seria necessário o pagamento de multas pelos proprietários.

Diante do tema polêmico, uma espectadora pediu aparte no momento denominado de tribuna livre, espaço da sessão oferecido  à   fala de espectadores,  diante do interesse despertado pelo tema a moradora opinou sobre o assunto e exemplificou um acidente ocorrido próximo à cidade, o presidente da câmara não gostou da exemplificação pelo motivo de que o fato poderia trazer prejuízos políticos para ele e cortou o som do microfone da oradora.

Revoltados com a medida tomada pelo presidente da câmara, espectadores e pessoas que estavam fora do recinto da Casa invadiram a sessão provocando um verdadeiro tumulto. A polícia foi chamada e acalmou os ânimos das pessoas.  Com a confusão a sessão foi encerrada.

Muitos acharam que a medida ‘dura’ tomada pelo vereador atenta contra o direito democrático de expressão garantido por lei. Na atual gestão, a casa legislativa José Dias Guarita em Monte Horebe tem se destacado por sessões polêmicas e tumultuadas.
 

Notícias relacionadas:

Política
Policial
Paraíba