Verba de R$ 1,4 milhão deixa fora times do Sertão

Por:

Uma emenda parlamentar da deputada da Nilda Gondim (PMDB) que destina recursos federais da ordem total de R$ 1.400.000,00 para ajudar clubes de futebol profissional da Paraíba deixa de fora os times do Sertão, entre eles Sousa, Paraíba de Cajazeiras, Esporte e Nacional de Patos. 

A verba vai beneficiar apenas Campinense, Treze e Botafogo, em 2012, para serem investidos na estruturação física de suas sedes com vistas à adequação das mesmas para o treinamento de suas categorias de base.
 
O recurso está previsto na Lei Orçamentária Anual da União para o exercício financeiro de 2012, e deverá ser distribuída da seguinte forma: R$ 500 mil para o Campinense, R$ 500 mil para o Treze e R$ 400 mil para o Botafogo.
 
Vinculada aos recursos orçamentários do Ministério do Esporte, a emenda, segundo Nilda Gondim, justifica-se pela necessidade de aplicação de recursos financeiros em projeto de Implantação e Modernização de Infraestrutura para Esporte Educacional, Recreativo e de Lazer no Estado da Paraíba. “O nosso objetivo, com esta emenda, é viabilizar a promoção de melhorias para a prática desportiva profissional na Paraíba por meio da descoberta e posterior capacitação de novos valores, como fazem os grandes clubes esportivos dos centros urbanos mais desenvolvidos do nosso País”, comentou a deputada em entrevista nesta sexta-feira (2).
 
Sobre a escolha do Campinense, Treze e Botafogo para serem beneficiados com os recursos previstos na emenda de sua autoria, a deputada Nilda Gondim disse tratar-se de três clubes de futebol profissional de grande importância no cenário esportivo paraibano e regional.
 
O Campinense tem 94 anos de existência, dos quais 56 anos apenas dedicados à prática do futebol profissional. O clube já coleciona 18 títulos estaduais, um Vice-Campeonato Brasileiro da Série B (título conquistado na década de 1970), e vários títulos de Torneios Regionais. Já o Treze (conhecido como “Galo da Borborema” por sua torcida e pela imprensa) possui 16 títulos estaduais e se destaca como o clube paraibano mais bem posicionado no ranking da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Quanto ao Botafogo, o clube é o mais tradicional da Capital paraibana. Fundado em 1931, o time congrega atualmente cerca de 80% da torcida pessoense.
 
 
Do Radar com Portal Correio 

Notícias relacionadas:

Policial
Política
Cidades