Polícia prende suposto chefe de organização criminosa em Alagoa Nova

Por:

Foram encontrados drogas, algumas munições de calibre 38, além de uma balança de precisão.

A Polícia Civil da Paraíba, por meio de um trabalho da Delegacia Secional de Esperança e da Delegacia Municipal de Alagoa Nova, com o apoio do Grupo Tático Especial e o Núcleo de Homicídios prendeu, em flagrante delito, Rosinaldo Ernesto dos Santos, suspeito de tráfico de droga.

A prisão aconteceu na cidade de Alagoa Nova, e com o investigado foram encontrados alguns pacotes de maconha, e ainda uma quantia de substância semelhante à cocaína e crack e algumas munições de calibre 38, além de uma balança de precisão. Segundo informações policiais, Rosinaldo chefiava o tráfico de entorpecentes do município de Alagoa Nova e intimidava a população local.

As investigações policiais foram iniciadas após informações repassadas pelo telefone 197 do Disque Denúncia da Secretaria de Estado da Segurança e Defesa Social, ocasionando a intervenção das autoridades policiais e a consequente prisão de mais um traficante na região. O suspeito está recolhido na Cadeia Pública de Esperança, e deverá passar por audiência de custódia.

Cumprimento de mandado de prisão por homicídio: Ontem  sexta-feira (9), policiais da cidade de Esperança ainda deram cumprimento ao mandado de prisão preventiva em desfavor de Jerry Adriano dos Santos Clementino, 38 anos, pelo crime de homicídio qualificado. O fato ocorreu no mês de abril do ano de 2013, no Distrito de São Miguel, município de Esperança, e teve como vítima Adelaido Jerônimo de Araújo, que foi morto a golpes de arma branca por motivo fútil.

De acordo com informações do delegado Danilo Orengo, no ano passado, a equipe do Grupo Tático e do Núcleo de Homicídios, em trabalho minucioso de investigação, localizou o autor do crime que estava escondido na cidade de Iguatu/Ceará, distante a 600 km da cidade de Esperança.

Após localizar a residência e identificar Jerry Adriano, de posse do mandado de prisão, os policiais fizeram as diligências e com o apoio da Polícia Civil do Ceará prenderam o suspeito, fazendo sua remoção até a cidade de Esperança, onde foi comunicado o juízo local. O acusado foi recolhido na unidade prisional daquela cidade.

Segundo a Polícia, apesar de todo o esforço das autoridades policiais e da repercussão do crime, no ano passado, o acusado foi posto em liberdade durante audiência de custódia. No entanto, na manhã desta sexta-feira (9), os policiais civis tomaram conhecimento que o Tribunal de Justiça da Paraíba teria expedido o mandado de prisão do acusado e imediatamente conferiram o seu cumprimento, colocando-o à disposição da Justiça. O preso se encontra recolhido na Cadeia Pública de Esperança à disposição da Justiça.

Notícias relacionadas:

Paraíba
Cidades
Policial