O voto é seu

Foto: TSE/Divulgação

O eleitor precisa diferenciar a política da politicagem, estamos na época das duas coisas, muitos concorrentes aos cargos de prefeitos e vereadores vão usar de todas as artimanhas para ganhar as eleições. Tem deles que usar até de meios ilícitos, como: compra de votos, promessa de empregos se for eleito e outras costumes de campanha que vem se registrando ao longo dos anos, o povo é enganado com promessas, mas não usa corretamente a sua principal arma de defesa, que é o voto. Se o administrar nessa campanha não prestar escolha outro na próxima. Quando o gestor escolhido não corresponde a sua expectativa ou foi pouca sorte sua ou você não analisou bem o presente e passado do concorrente escolhido. Com os meios de comunicações que dispomos no momento, pesquisar a vida de um político é muito fácil, mas cuidado com a politicagem e os fike News, artimanhas mais usada pelos concorrentes fracos e maus intencionados.

A maioria dos eleitos após assumir o poder esquece completamente o que prometeu ao povo, agora sim, é a vez do povo que sempre esquece a má administração, cuidado para não ser influenciado por cabos eleitorais que têm os seus próprios interesses, a população precisa ver se as promessas da campanha passada foram cumpridas por aqueles que estão administrando, muitos políticos mudam de uma administração para outra, mas dificilmente te acontece melhora.

Quando um político promete empregos, faz ameaça do tipo “se eu for eleito vou lhe transferir,” compra a consciência do eleito ou pelo menos tenta, se é que isso existe em uma campanha político, tanto o concorrente como o eleitor está cometendo um crime previsto na lei eleitoral. Estes infratores da lei vão oferecer dinheiro e outros paliativos, depois de eleito a maioria deixa a cidade e as comunidades rurais sem assistência necessária pelo período de quatro anos.

O eleitor tem o direito por lei de escolher livremente em quem vai votar, o voto é secreto e somente você e Deus ficarão sabendo em quem você votou. Se alguém candidato lhe ameaçar, colha as provas e denuncie, o voto é livre e você tem todo amparo da lei para escolher livremente.

Sem falar nenhuma novidade, os concorrentes se apresentam de forma cordial, aceita o desabafo dos eleitores, prometem fazer diferente, mas quando ganham mudam de personalidades, tem deles que fica até agressivo, troca de carro, coloca um fumê bem escuro no para brisa, muitos se mudam para as cidades vizinhas e se esconde do povo até a próxima eleição, quando aparece de cara lisa e consegue, infelizmente, enganar a maioria da população. Você só entra nessa onda se quiser. Pode observar que na maioria das cidades os correntes são sempre os mesmos, quando aparece um novato, é sempre parente ou tem o apoio total do veterano para continuar a mamata. Muitos políticos têm contas rejeitadas, mas retornam a concorrer às novas eleições e a maioria do povo vota nele novamente. Por que será que isso acontece? O que será que eles fazem para enganar mais uma vez o povo? É um grande mistério.

O eleitor precisa analisar com tranquilidade em quem vai votar, saber também que o administrador tem a obrigação de trabalhar para o povo, se já administrou o que ele fez foi simplesmente a sua obrigação, foi eleito para nos representar e está sendo bem pago para exercer a função de gestor público. Não escute conversas de políticos que lhe fez algum favor na administração passada, ele apenas cumpriu com o seu dever, se você quiser, só vote nele se ele foi um bom administrador para todos. Cuidado para não ser chamado de “Maria vai com as outras,” peça a Deus sabedoria e iluminação para ter o seu posicionamento próprio e uma boa sorte.

Por: Francisco Inacio Pita

Francisco Inacio Pita

Francisco Inacio Pita

 

Francisco Inácio de Lima Pita é Radialista e Professor Licenciado em Ciências e Biologia pela UFPB e UFCG respectivamente. Atualmente é professor aposentado por tempo de serviço em sala de aula, escritor dos livros CONCEITOS E SUGESTÕES PARA VIVER BEM O MATRIMÔNIO, AS DROGAS E A RETA FINAL DA VIDA E VARIAÇÕES POÉTICAS e tem outros livros em andamentos, mora atualmente na cidade de São José de Piranhas – PB. Produz e apresenta todos os sábados o Jornal Terra News pela Rádio Terra Nova FM, 88.7 MHz.

pittadoradio@gmail.com