O vírus que modificou o universo

Colunista Francisco Inácio Pita

Um vírus tão pequeno mais com uma grande força destruidora, já atingiu todo o universo, ceifou vidas humanas e continua matando em todo planeta Terra. Em alguns países onde a pandemia iniciou primeiro já tinha finalizado ou ficando apenas com casos isolados, segundo as últimas informações, está voltando com maior intensidade. O que mais nos deixa triste e preocupado é ver boa parte da população brincando, muitas até parece que não acredita na força destruidora desse vírus. Com o início da campanha política e a movimentação dos candidatos corpo a corpo visitando a população, sempre têm aglomerações e a doença tem aumentado em diversas regiões. A falta de cuidado com as principais formas de prevenções, evidentemente, tenha sido o principal motivo do aumento dos casos em nossa região, principalmente no sertão paraibano. De um lado boa parte da população sem entender o efeito poderoso do vírus, do outro lado alguns gestões públicas usando da politicagem, recebendo verbas federais e as direcionando para outras finalidades, a comprovação desta informação é mostrada nas denúncias já comprovadas pelos órgãos fiscalizadores não só na Paraíba, mas em diversas cidades do Brasil.

Vemos constantemente pessoas sem levar em consideração as principais formas de prevenções. Outro fato grave, muitos jovens não estão preocupados com a pandemia, passam a noite nas baladas e outras festas, e de certo forma poderá transmitir o vírus para pessoas da sua própria casa e muitos até do grupo de risco.

A nossa sugestão para as pessoas de cabeças vazia, tome consciência e evite prejudicar seus familiares e amigos, pratique o distanciamento social, não façam aglomerações, use sempre álcool em gel e lave as mãos com água e sabão várias vezes durante o dia, são formas que pode fazer toda a diferença. Muitos gestores estão tomando as providências de prevenção, mas todos nós precisamos fazer também a nossa parte.

O que não falta são denúncias direcionadas às autoridades sanitárias, observa-se que as lojas comerciais de forma geral, grandes e pequenos supermercados, bares e lanchonetes, filas de bancos, e muitos outros meios públicos, estão bastante aglomerados e até encontramos pessoas sem máscaras. As pessoas que frequentam principalmente os bares deveriam usar a máscara e tirá-la somente na hora de consumir a bebida. Não esqueça que você pode não sentir nada, receber o vírus e transmitir para outras pessoas. Quando um consumidor de bebidas está alcoolizado muda de personalidade e deixe de lado os limites de perigo. Pode acontecer que você recebe o maldito vírus e não sinta nada, mas se tornar um transmissor e leve o vírus para outras pessoas, entre elas o seu pai, sua mãe e outros familiares da sua residência que pertença ao grupo de risco. Você poderá ser o responsável pela morte deles, já pensou nisso?

Esse terrível vírus fez o mundo se movimentar de todas as formas, destruiu a economia em alguns países, fez universidades e outros meios de pesquisas estudarem bastante, outros órgãos de pesquisas estão se aprofundando para encontrar uma solução de combate ou até mesmo o extermínio desse vírus malvado. Pela sua idade, a covid-19 tem feito uma grande devastação na vida humana, mas não esqueçam que o cuidado de todos nós pode fazer uma grande diferença, segundo os pesquisadores os meios de prevenções são as formas mais eficazes para combater ou até exterminar o maldito vírus do planeta Terra.

As universidades e escolas mudaram sua forma de transmitir conteúdos, usam atualmente meios da informática virtual, as administrações públicas adotaram formas de reuniões e trabalho pela internet, outros meios associativistas e comunitários também se reúnem com programas de vídeos e áudios para evitar aglomerações. Não vamos cansar de repetir, evitar agrupamentos em meios públicos, use a máscara, mantenha o distanciamento social, lave as mãos várias vezes durante o dia, use álcool em gel, por que são com essas medidas simples, mas muito eficaz para combater ou até mesmo exterminar o vírus em todo universo, é com esse simples gestos de prevenção podemos fazer a grande diferença e ponto final.

Por Francisco Inácio Pita

Francisco Inacio Pita

Francisco Inacio Pita

 

Francisco Inácio de Lima Pita é Radialista e Professor Licenciado em Ciências e Biologia pela UFPB e UFCG respectivamente. Atualmente é professor aposentado por tempo de serviço em sala de aula, escritor dos livros CONCEITOS E SUGESTÕES PARA VIVER BEM O MATRIMÔNIO, AS DROGAS E A RETA FINAL DA VIDA E VARIAÇÕES POÉTICAS e tem outros livros em andamentos, mora atualmente na cidade de São José de Piranhas – PB. Produz e apresenta todos os sábados o Jornal Terra News pela Rádio Terra Nova FM, 88.7 MHz.

pittadoradio@gmail.com