Arrocho para o povo e falta de compromisso da maioria dos governantes

pitaaAltos salários, gratificações absurdas e muitas mordomias dos políticos, é apenas uma pequena parcela do descontrole econômico em nosso país, querer ajustar às dificuldades financeiras a custa do sofrimento do pobre funcionário público e trabalhador em geral, parece que é a solução encontrada pelos nossos governantes. Os governantes não se lembram das aposentadorias no fim de cada mandato, fala-se que tem politico com vários benefícios. Um exemplo é Roseane Sarney, que já assumiu vários cargos no estado do Maranhão e recebe mais de 45 mil reais mensais. Assim como ela, vários políticos brasileiros estão recebendo somas elevadas baseadas em leis que eles mesmos criaram para se beneficiar. Lei não se discute, cumpre, mas para muda uma lei os legisladores podem elaborar e votar um PEC, por que não uma PEC dando direito apenas a uma aposentadoria. Seria muita audácia minha, imaginar que os nossos legisladores iriam pensar povo e ter pra si somente um beneficio. Nota-se claramente que a maioria dos políticos pensa em se e sua família para depois pensar no povão. O povão vive sempre enganado e precisa tomar pé para resolver de uma vez por toda, a grande problemática do nosso país, o desajuste e situação de calamidade pública são provocados pelas leis criadas pelos nossos deputados e senadores. O que fazer agora? Protestar seria a única maneira dos brasileiros mostrarem de imediato a sua insatisfação com o atual sistema administrativo em nosso país. O segundo ponto, seria escolher em 2018 os novos senadores e deputados federais, mas antes de votar indicar com responsabilidade, analisando a sua vida passo a passo. Não podemos votar em politico que votou contra o povo. Como proposta fazer uma retrospectiva do comportamento dos atuais postulantes a cargos legislativos, pesquisar até a sua vida pessoal, observar se ele votou em matérias que prejudicou o povo e eliminá-los do poder  nas próximas eleições.

As minhas desculpas antecipadas, mas a maioria do povo brasileiro, isso de forma geral, não tem tempo para observar a vida dos políticos e nem possui olho clínico para proceder aos desmandos dos políticos. Boa parte da imprensa é comprometida com os administradores, até por que também recebem baixos salários dos meios de comunicações que prestam serviços. O alienismo rola solto entre a maioria da população brasileira e em todas as classes sociais percebe-se interesse próprio o que deixa a maioria do povo sem nenhuma chance de sobreviver de forma legal.  Este é o Brasil que está tranquilo e apareceu a Cabral para destruir os sonhos dos índios e formar uma nação de bons e maus viventes neste território chamado Brasil.

Francisco Inacio Pita

Francisco Inacio Pita

 

Francisco Inácio de Lima Pita é Radialista e Professor Licenciado em Ciências e Biologia pela UFPB e UFCG respectivamente. Atualmente é professor aposentado por tempo de serviço em sala de aula, escritor dos livros CONCEITOS E SUGESTÕES PARA VIVER BEM O MATRIMÔNIO, AS DROGAS E A RETA FINAL DA VIDA E VARIAÇÕES POÉTICAS e tem outros livros em andamentos, mora atualmente na cidade de São José de Piranhas – PB. Produz e apresenta todos os sábados o Jornal Terra News pela Rádio Terra Nova FM, 88.7 MHz.

pittadoradio@gmail.com