Morre, aos 51 anos, jornalista e diretor adjunto de Comunicação da Câmara de João Pessoa vítima da Covid-19; CMJP decreta luto oficial

Por:

Câmara Municipal de João Pessoa decreta luto oficial pela morte do diretor adjunto de Comunicação da Casa, Eduardo Carneiro

A imprensa paraibana está de luto pela morte do jornalista Eduardo Carneiro, de 51 anos. Perdemos neste sábado (1) um grande paraibano e, no caso da Câmara Municipal de João Pessoa, um grande colega de trabalho. Antônio Eduardo Carneiro notabilizou-se ao longo da sua vida pelo talento e correção no trato com os colegas e amigos. Enquanto diretor adjunto de Comunicação da Câmara, foi um espelho para todos os que com ele trabalharam.

Natural de Mulungu, ainda muito jovem, mudou-se para João Pessoa, onde formou-se em jornalismo pela Universidade Federal da Paraíba, em 1994. De lá para cá, ocupou cargos de destaque nos principais jornais e rádios do Estado, além de ter tido uma presença marcante no serviço público. Também dedicou-se ao ramo da gastronomia, deixando sempre um exemplo de correção e carinho a ser seguidos por todos. Por tudo isso, a morte precoce, provocada pela Covid-19, causa tanta tristeza aos amigos e colegas.

E é com profundo pesar que a Câmara Municipal de João Pessoa lamenta a morte e decreta Luto Oficial por três dias em homenagem ao funcionário. Com imagem profissional irretocável, Eduardo Carneiro será para nós sempre um exemplo. Por isso, nesse momento de dor profunda, manifestamos nossos sentimentos à família e aos amigos.

O momento é de grande tristeza.
Mesa Diretora da Câmara Municipal de João Pessoa

Notícias relacionadas:

Cidades
Cidades
Policial