Vacinação: SES contesta informação do MS e diz que PB tem seringas suficientes

Por:

O secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros contestou a informação do Ministério da Saúde de que o Estado não teria estoques de seringas e agulhas suficientes para iniciar a vacinação contra a Covid-19. A informação foi repassada pela pasta ao Supremo Tribunal Federal (STF) nessa quarta-feira (13).

Em vídeo, o secretário explicou que essa é uma informação antiga e que o Estado tem agulhas e seringas disponíveis para a primeira fase da vacinação contra a doença.

“Estamos recebendo no início de fevereiro mais 400 mil seringas e agulhas, então a população pode ficar tranquila que o Estado tem seringas e agulhas suficientes para essa primeira fase que representará idosos acima de 75 anos ou aqueles acima de 60 anos que vivem em asilos e abrigos, profissionais de saúde e indígenas”, destacou.

Geraldo Medeiros ainda informou que a Paraíba tem os materiais suficientes para o início da vacinação, no final de janeiro e para todo o mês de fevereiro.

.

Redação com Paraíba Já

Notícias relacionadas:

Política
Policial
Paraíba