TSE vai priorizar julgamentos antes das diplomações e mudanças podem ocorrer com eleitos em Cachoeira dos Índios e Cajazeiras; entenda

Por:

.

Ao encerrar a sessão de julgamento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) desta quinta-feira (26), o presidente Luís Roberto Barroso afirmou que há cerca de 1,5 mil Recursos Especiais Eleitorais (Respes) envolvendo registros de candidatura das Eleições 2020 tramitando na Corte.

De acordo com Barroso, o objetivo é analisar os casos dos políticos eleitos, se possível, até a diplomação, cujo prazo final é 18 de dezembro. Assim, o TSE deve priorizar o julgamento desses recursos por meio do Plenário Virtual para dar vazão à quantidade de processos.

De acordo informações repassadas ao Portal Resenha Politika, o recurso do prefeito eleito de Cachoeira dos Índios, Allan Seixas (PSB), que teve sua candidatura indeferida em primeiro grau e duas vezes pelo Tribunal Regional Eleitoral, estará na pauta. Caso a defesa do gestor não obtenha êxito, a segunda colocada na eleição do dia 15 de novembro, a candidata a prefeita Quinha Moura (PP) será diplomada e empossada em 1º janeiro.

Outro caso é na cidade de Cajazeiras. O candidato a vereador Adriano da Vila Nova (PP) que não foi eleito, mas teve seus votos computados e ficou na suplência, aguarda com expectativa sobre o recurso. O politico perdeu em todas as instancias, inclusive no TSE. Mesmo assim, a sua defesa entrou com recurso especial e acredita que pode reverter para que ele seja diplomado.

Por outro lado, conforme levantamentos feitos pelo suplente de vereador Kleber Lima do Cidadania, sendo os votos de Adriano da Vila Nova considerados nulos, vai existir uma recontagem no coeficiente eleitoral, e na sobra de votos, o Cidadania que elegeu quatro vereadores passaria a ter cinco eleitos para a próxima legislatura. Kleber é o primeiro suplente da sigla e assegurou que a informação foi obtida com precisão por um advogado especialista em direito eleitoral.

O vereador eleito Ninha do Frigorifico do PP perderia a vaga.

.

Resenha Politika

Notícias relacionadas:

Cidades
Paraíba
Paraíba