Eleições 2020: sete desafios que os prefeitos eleitos vão ter de enfrentar

Por:

.

O Brasil tem 5.570 municípios, dos quais apenas 49 tem mais de 500 mil habitantes, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em 17 deles, a população ultrapassa 1 milhão de pessoas. Só as 27 capitais concentram 50 milhões de habitantes, o que equivale a quase 24% de toda a população brasileira em 2020.

Em 15 de novembro, será realizado o primeiro turno das eleições que vão escolher um novo prefeito ou reeleger antigos mandatários nestes municípios. O segundo pleito está previsto para o dia 29 do mesmo mês.

Cada um desses municípios tem problemas próprios e soluções que levam em conta o contexto local. Porém, é possível identificar alguns gargalos comuns a grande parte das maiores cidades brasileiras.

Um mês antes do primeiro turno, a BBC News Brasil listou sete grandes desafios urbanos que os novos prefeitos terão de encarar a partir de 1º de janeiro de 2021, quando assumirem o cargo.

Entre esses pontos, estão a queda de arrecadação de impostos depois da pandemia de covid-19, a demanda reprimida no serviço de saúde por causa da quarentena, a expansão da malha de transporte público e o crescimento da população em situação de rua.

A reportagem consultou pesquisadores, urbanistas, professores e estudiosos para saber quais são os gargalos e as possíveis soluções para cada uma dessas áreas.

Veja abaixo:

1 – Queda de arrecadação após a pandemia;

2 – Lidar com a demanda reprimida na saúde;

3 – Ampliar as vagas de creches e retomar as aulas pós-pandemia;

4 – Melhorar a mobilidade e financiar o transporte coletivo;

5 – Moradia e urbanização de bairros populares;

6 – Crescimento da população em situação de rua;

7 – Controlar pragas urbanas e vetores de doenças.

 

Da BBC News Brasil

Notícias relacionadas:

Policial
Policial
Paraíba