Em Patos, juíza determina suspensão de perfis nas redes sociais de policial militar e escritor após publicações de acusações contra Nabor Wanderley

Por:

Postagens negativas contra Nabor Wanderley deverão ser retiradas (Foto: Walla Santos)

A juíza da 28ª Zona Eleitoral, Anna Maria do Socorro Hilário Lacerda, determinou a suspensão de perfis nas redes sociais de um policial militar e um escritor após publicações de acusações contra Nabor Wanderley, candidato a prefeito de Patos, nas eleições 2020. De acordo com a decisão a que o ClickPB teve acesso, o sargento Zilmar Ferreira e o escritor Rodrigo Cézar Limeira deverão ter seus perfis suspensos por três dias.

Segundo a ação contra Zilmar aconteceu após o sargento publicar nas suas redes sociais usando trechos “da fala do candidato Nabor Wanderley que tira a mensagem do contexto, desmerecendo o candidato com propagandas mentirosas e difamatórias”.

Na decisão, os perfis do sargento deverão ser retirados do ar, como também as postagens realizadas. Zilmar Ferreira também fica proibido de fazer novas postagens sobre os mesmos fatos, sob pena de multa de R$ 10 mil.

O sargento tem 48 horas para cumprir a determinação.

Já na ação contra o escritor, físico e meteorologista, Rodrigo Cézar Limeira, utiliza um sitio de sua propriedade intitulado “Ciência em Foco”, para denegrir a imagem de Nabor Wanderley, enquanto enaltece o outro candidato a Prefeitura de Patos, Juiz Ramonilson.

“E para completar a má administração do Deputado Nabor Wanderley junto a rádio Itatiunga, Dezesseis trabalhadores compõem o corpo de integrantes das rádios. Alguns destes trabalham na rádio há muitos anos e ficaram desolados com a demissão em massa de uma das rádios pioneiras no segmento de frequência modulada (FM).“

.

ClickPB

Notícias relacionadas:

Policial
Policial
Paraíba