Mulher esfaqueada pelo sobrinho não resiste e morre em Sousa

Por:
Hospital Regional de Sousa passa por fiscalização do CRM-PB

Hospital Regional de Sousa

Uma mulher atingida com três golpes de faca-peixeira na tarde da última quinta-feira (16) faleceu na madrugada deste sábado (18) quando se encontrava na UTI do Hospital Regional de Sousa (HRS), Sertão paraibano.

Edma Pereira de Sousa, tinha 32 anos de idade, era mãe de um filho e morava no Núcleo Habitacional I, Perímetro Irrigado de São Gonçalo. Ela havia sido esfaqueada nas costas e no abdome por um sobrinho, um adolescente de iniciais W.B.S., de 14 anos de idade.

A Polícia Militar apurou no local da ocorrência que tia e sobrinho recebiam acompanhamento no CAPS e uma discussão familiar teria ocasionado o crime. No dia do fato, a PM encontrou a vítima caída ao chão, enquanto o menor infrator havia foragido do local.

De acordo com informações fornecidas nesta manhã pelo HRS, Edma Pereira passou por duas cirurgias, mas não resistiu, falecendo às 00h45.

.

Blog do Levi

Notícias relacionadas:

Paraíba
Paraíba
Cidades