Polícia apreende 23 armas de fogo nas ações das últimas horas na Paraíba

Por:

Armas apreendidas pela polícia.

A Polícia Militar apreendeu 23 armas de fogo em sua atuação contra o crime, nas últimas 24 horas, com ações e operações realizadas em toda a Paraíba. As apreensões se concentraram em oito cidades, resultando na retirada de circulação de revólveres, espingardas, pistolas, fuzis e até metralhadora ponto 50, considerada arma de guerra.

A última apreensão foi registrada no início da madrugada desta sexta-feira (17), no bairro do Rangel, em João Pessoa. Um adolescente que estava a pé foi abordado e flagrado com um revólver na cintura. A Capital teve ainda a apreensão de outros dois revólveres, em uma ação que resultou na prisão de um suspeito de 21 anos, no início da noite dessa quinta-feira (16), no bairro do Grotão.

Armas no Sertão – O Sertão do estado foi onde aconteceram mais apreensões de armas, com destaque para a operação que prendeu seis suspeitos de planejar ataques a bancos e carros-fortes, que foram interceptados na cidade de Aparecida com explosivos, munições e seis armas – quatro fuzis, uma pistola e a metralhadora ponto 50. Ainda na região, foram apreendidas seis espingardas e maconha, durante buscas para prender um suspeito de roubar uma loja, na cidade cearense de Ipaumirim. O homem tem 22 anos e foi preso na casa do pai, no conjunto Ronaldo Cunha Lima, em Cajazeiras.

No município de Vierópolis, foi encontraram uma espingarda, em meio a uma área de mata, após denúncia. Em Maturéia, foi apreendido um revólver com um suspeito, de 22 anos, que tinha acabado de roubar uma moto.

Em Campina Grande, quatro suspeitos, com idades entre 26 e 15 anos, foram detidos com uma pistola, após tentarem roubar uma casa lotérica na feira central. No Complexo Aluízio Campos, também em Campina, foi apreendido um revólver com um suspeito de 40 anos. E na zona rural do mesmo município, foram apreendidas duas espingardas durante ação que resgatou quase 50 aves silvestres que estavam sendo mantidas em cativeiros ilegais.

As outras armas apreendidas foram um revólver com um suspeito de 21 anos, na cidade de Caldas Brandão, e uma espingarda na zona rural de São João do Cariri, abandonada por um homem que fugiu pelo matagal.

Fiscalizações do isolamento social – Além de apreender as 23 armas de fogo, a Polícia Militar atendeu 47 denúncias de locais que estavam acontecendo descumprimentos das medidas de isolamento social, decretadas pelo Estado para conter o avanço no novo coronavírus. A maior parte das denúncias, foi na Grande João Pessoa, com 33 chamados.

Notícias relacionadas:

Paraíba
Paraíba
Cidades