Deputados cobram envio de respiradores para o Sertão da Paraíba

Por:
Foto: Montagem/ Paraibaonline

Foto/reprodução

Os deputados estaduais Nabor Wanderley (Republicanos), Erico Djan (Cidadania), Taciano Diniz (Avante), Pollyanna Dutra (PSB) e o deputado federal Hugo Motta (Republicanos) cobraram o envio de respiradores pulmonares para o Sertão do estado.

Para os parlamentares, a Paraíba não pode ter como referência de atendimento para o enfrentamento do coronavírus apenas as cidades de Campina Grande e João Pessoa, sobretudo, neste momento em que o vírus já se espalhou por diversas cidades do estado.

Como alternativa, os parlamentares pedem que as emendas federais, já aprovadas para a Paraíba, sejam revertidas na operacionalização de um complexo de atendimento para casos de Coronavírus no Sertão estado.

De acordo com o deputado Nabor Wanderley, já existe uma emenda do deputado federal Hugo Motta no valor de R$ 1 milhão aprovada e destinada à compra de equipamentos nas ações de combate ao coronavírus na Paraíba.

Até o momento, os 15 respiradores entregues à saúde pública no estado foram todos destinados a hospitais de Campina Grande e João Pessoa e ao Hospital Universitário Lauro Wanderley (HULW), deixando o Sertão praticamente descoberto desse tipo de equipamento, que é fundamental para o tratamento dos casos avançados da doença.

Em Patos, o Complexo Hospitalar Regional vem se adequando às normas e orientações das organizações de saúde sobre como proceder durante a pandemia do Covid-19. Para tanto, destinou uma área verde exclusiva para o atendimento aos sintomáticos respiratórios.

Já os pacientes que procurem a unidade com outros sintomas, que não problemas respiratórios, serão atendidos separadamente, evitando assim a infecção cruzada e contágio dos possíveis casos suspeitos de Covid-19 com outras patologias.

A unidade também fez o bloqueio de duas enfermarias, com 12 leitos de clínica médica, contudo esse esforço será pouco caso o hospital não receba respiradores. Os deputados reforçam o apelo, solicitando o olhar da Secretaria de Estado da Saúde para a questão.

“Temos condições, temos UTI, temos profissionais e já estamos capacitados dentro dos protocolos do Ministério da Saúde. Pedimos que a secretaria autorize e operacionalize essa unidade o quanto antes no Sertão”, disse Nabor.

“Nesse momento, precisamos de atitude, e nós, parlamentares, nos unimos solicitando que o governador João Azevedo olhe para o nosso povo sertanejo, que soma um total de um milhão de habitantes”, completou Pollyanna.

.

Com ParaibaOnline

Notícias relacionadas:

Política
Política
Cidades