Tyrone pede isolamento domiciliar aos sousenses e determina medidas para o funcionamento do comércio

Por:

Prefeito Tyrone pede isolamento domiciliar aos sousenses.

O prefeito de Sousa, Fábio Tyrone (Cidadania), determinou novas medidas que passam a valer a partir desta segunda-feira (23), para evitar a disseminação ao coronavírus. O anúncio foi feito pelo gestor sousense em pronunciamento em uma rede social, no final da tarde dessa sexta-feira (20).

Antes do anúncio do novo decreto, o chefe do executivo teve que interromper suas férias e retornar às suas funções administrativas. Logo em seguida, ele participou de uma reunião acompanhado do vice-prefeito, Zenildo Oliveira, com representantes da CDL – Francisco Rodrigues, FCDL – José Lopes da Silva Neto, ACISA – Raniery Resende, e SINDIEMPRESA – Francisco Medeiros.

Na ocasião, ficou decidido que a partir de segunda-feira (23) o comércio local abrirá a partir das 9h e permanecerá até as 15h, com ressalva apenas para estabelecimentos como farmácias, supermercados e conveniências até dia 30 de março.

Fica proibido, a partir de 23 de março, pelo período de 7 dias, o funcionamento de serviços e estabelecimentos comerciais, no âmbito do município de Sousa, sendo eles os seguintes: bares, restaurantes, salões de beleza, clubes sociais e recreativos, lanchonetes, comércio de espetinhos, lojas em galerias e correlatas, academias, transportes público coletivos local e ou privado de qualquer região. Sendo que no caso dos restaurantes e lanchonetes através do serviço delivery.

A feira livre fica mantida, devendo-se obedecer um distanciamento entre as tarimbas/bancas de no mínimo dois metros de uma para outra.

O prefeito disse que são medidas duras, mas necessárias. Em sua live na rede social, Tyrone fez um apelo para que os sousenses fiquem em isolamento nas suas casas.

“É um apelo necessário, o momento é esse, e nós não podemos brincar com o que está acontecendo. Nós ainda vamos ter muitos momentos de diversões futuros para se confraternizarmos, estar com amigos em praças públicas, mas esse não é o momento”, reiterou Fábio Tyrone.

Por Dida Gonçalves
Radar Sertanejo

Notícias relacionadas:

Política
Política
Cidades