Câmara de Bonito de Santa Fé suspende presença de público nas reuniões por 30 dias e adota medidas de prevenção ao Coronavírus

Por:

Presidente Valdir Tomaz adota medidas preventivas contra o COVID-19, na Câmara Municipal.

Diante do cenário do coronavírus no Brasil e das recentes orientações do Ministério da Saúde, a Mesa Diretora da Câmara Municipal de Bonito de Santa Fé, através do presidente Valdir Tomaz, publicou ato, nesta quarta-feira (18), adotando algumas medidas como a suspensão temporária da presença de público nas reuniões ordinárias por 30 dias, a fim de que o público não seja prejudicado com a possível contaminação.

Em conformidade com as medidas adotadas, os vereadores e servidores que sentirem sintomas da doença ou mesmo gripais, poderão se ausentar das reuniões mediante apenas comunicação verbal, sendo consideradas tais ausências como justificáveis.

Ainda de acordo com a Nota, durante esse mesmo período também ficam suspensas as Reuniões Solenes e Audiências Públicas, além da cessão do espaço físico da Câmara Municipal a qualquer evento que venha a aglomerar pessoas.

Neste período, segundo o presidente, serão intensificados os cuidados necessários dentro da instituição. Para isso, a secretaria Executiva da Câmara vai providenciar uso de álcool/gel e papel toalha para a higiene pessoal de todos os frequentadores da casa de Leis, que se resume apenas aos servidores ‘incluindo os vereadores’.

Todas as medidas entram em vigor a partir desta data e são válidas, a princípio, por um período de 30 dias. Segundo o presidente Valdir, não haverá prejuízo para a população, visto que as sessões serão transmitidas via rádio comunitária local e também através da internet.

Radar Sertanejo

Notícias relacionadas:

Política
Política
Cidades