Homem é condenado a 14 anos de prisão por homicídio em Monte Horebe

Por:

Fórum Juiz Hamilton de Sousa Neves, em São José de Piranhas.

Joamerson Lima da Silva, vulgo Jó, de 21 anos, foi condenado pelo Juízo da Vara Única da Comarca de São José de Piranhas a uma pena de 14 anos e 3 meses de reclusão, inicialmente em regime fechado, pelo homicídio de Francisco de Paulo Tavares, na cidade de Monte Horebe, Sertão da Paraíba. O outro réu, Francisco Maciel Gomes de Sousa, foi absolvido.

O crime aconteceu em julho de 2017 e o julgamento foi realizado na última terça-feira, dia 18 de fevereiro, na sala das sessões do Tribunal do Júri da comarca.

Entenda o caso

No dia 13 de julho de 2017, a Polícia Militar foi informada que havia um corpo de um homem pendurado dentro de uma residência na Rua Tavares de Lima, em Monte Horebe, sertão da PB. Diante das informações, uma guarnição compareceu ao local do ocorrido e constatou a veracidade dos fatos. O corpo era do popular conhecido como Francisco Tavares, 59 anos.

O corpo da vítima foi levado para o Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (Numol) de Patos, onde foi realizado o exame cadavérico e constatado que a causa da morte não teria sido suicídio, e sim, conforme o laudo cadavérico, a vítima tinha sido asfixiada e espancada. O home também possuía deficiência física.

Radar Sertanejo

Notícias relacionadas:

Brasil
Cidades
Cidades