Moradores de dois bairros, em São José de Piranhas, interditam PB-400 e pedem construção de lombadas ao DER-PB (vídeo)

Por:

Um grupo de moradores dos bairro Zuza Holanda e Frei Damião bloqueou a rodovia PB-400, nas primeiras horas desta segunda-feira (17), na ponte que fica depois da igreja matriz, em cidade de São José de Piranhas.

Os moradores solicitam ao Departamento de Estradas e Rodagem da Paraíba (DER-PB) a construção de lombadas convencionais, ou eletrônicas, no trecho da rodovia que dar acesso aos dois bairros, principalmente na entrada que dar acesso ao Zuza Holanda. O motivo do protesto são os constantes acidentes na localidade e a morte de várias pessoas vítimas da violência no trânsito.

Uma das líderes do movimento é a jovem Francisca Vanderleia Alves Lins. Ela disse à redação do Radar Sertanejo que a mobilização pacífica é para alertar o DER no sentido de adotar providências.

A jovem lembrou que o marido dela, Francisco Cláudio Lins, faleceu há pouco mais de um ano, vítima de uma acidente nesse trecho da rodovia. E na noite da última sexta-feira (14) também faleceu outro homem, conhecido como Irailton Pedrosa, de 56 anos, 12 dias depois de sofrer um acidente no mesmo local. Ela lembra que os acidentes são constantes.

O trânsito ficou parado no local formando uma longa fila, já que a PB-400 liga o município a dezenas cidades da região. Policiais militares compareceram ao local para manter a ordem pública durante o protesto.

Por volta das 7h00 o diretor regional do DER-PB (Residência Rodoviária de Cajazeiras), Antonio Cassimiro de Morais, compareceu ao local e negociou com o grupo de pessoas que estava realizando o protesto. Segundo Vanderleia, ele prometeu que o órgão vai recuperar uma lombada e construir outra até o próximo mês de março. Em seguida, se dirigiram para o Ministério Público da cidade para formalizar o acordo. “Se não for cumprido o acordo nós voltaremos a realizar novos protestos”, concluiu.

Radar Sertanejo

Notícias relacionadas:

Brasil
Cidades
Cidades