Anísio Maia diz que Moro veio fazer na PB o que não faz no Rio de Janeiro

Por:

Anísio ainda questionou o ministro.

Numa visita inesperada, o Ministro veio à Paraíba, estranhamente, na véspera do novo julgamento do ex-governador Ricardo Coutinho, previsto para amanhã no STJ. Para fugir de protestos, a visita aconteceu sem divulgação e com a clara intenção de fazer palanque político na tentativa de pressionar o judiciário.

Mostrando sua notória parcialidade, o Ministro disse incentivar as ações do Gaeco no combate à corrupção, mas citou apenas as operações que lhe interessam: Calvário, Xeque-Mate e Pés de barro. Convenientemente, Moro esqueceu de citar a operação que investiga os seus aliados aqui na Paraíba, a Famintos. Ao contrário do que ele faz no Rio de Janeiro, quando direciona a Polícia Federal para proteger os filhos de Bolsonaro, aqui ele afirmou que a polícia tem que ser independente. “Quer dizer que a PF só pode investigar livremente quando se trata de adversários, no caso dos milicianos é outra coisa?”, indagou o deputado Anísio Maia.

Anísio ainda questionou: “A propósito, ele trouxe algum projeto ou proposta para melhorar o nosso sistema de segurança pública? Claro que não, seu objetivo era outro”.

Por Assessoria

Notícias relacionadas:

Brasil
Cotidiano
Paraíba