Morre em Bernardino Batista, Chico de Norberto, primo do ex-vice-prefeito, Antônio Estrela; ele foi vítima de afogamento

Por:

Morre em Bernardino Batista, Chico de Norberto, primo do ex-vice-prefeito, Antônio Estrela de Abrantes

Faleceu na tarde de terça-feira (17) de dezembro em Bernardino Batista, vítima de afogamento, o produtor rural, ex-fiscal de tributos e ex-delegado de Polícia, Francisco Norberto de Abrantes (Chico de Norberto) aos 89 anos. O patriarca Chico de Norberto era filho do saudoso comerciante batistense, Norberto Estrela de Abrantes e D. Antônia Batista da Conceição “in memoriam”. Foi casado com D. Maria Emília de Freitas de saudosa memória. Chico de Norberto era neto do saudoso Tomaz Gomes de Brito e Joaquina Estrela de Abrantes (D. Quinquina) “in memoriam”.

Deixa os seguintes filhos a missionária Valdelice Batista de Freitas, a pedagoga Francisca Abrantes Freitas, Helena Batista, José Abrantes de Freitas, Francival Abrantes de Freitas, Vandui Abrantes de Freitas, Idelzuite Abrantes Freitas e a servidora pública, Geralda Abrantes de Freitas. Deixa 10 netos e 06 bisnetos.

Francisco Norberto de Abrantes (Chico de Norberto) era sogro do empresário Alcione Freitas, avô do empresário batistense, Airton Abrantes e da professora da Faculdade São Francisco da Paraíba – FASP (Cajazeiras-PB), Aline Abrantes Batista; primo do ex-vice-prefeito de Bernardino Batista, Antônio Estrela de Abrantes, do vereador Sebastião Estrela, do ex-vice-prefeito de Luís Gomes-RN, José Abrantes Barbosa, do saudoso vereador de Uiraúna e Poço Dantas, João Guilherme Estrela (Joca de Duca) e do professor doutor da UFCG, Campus de Sousa, Paulo Abrantes de Oliveira.

Francisco Norberto de Abrantes (Chico de Norberto) era tio da ex-vice-prefeita de Luís Gomes-RN, médicado Programa Mais Médicos no Município de Paraná-RN, Antônia Gomes Abrantes Barbosa e do professor da Faculdade São Francisco da Paraíba – FASP (Cajazeiras-PB) e servidor público do Instituto Federal da Paraíba – IFPB Campus Sousa, Damião Júnior Gomes.
Chico de Norberto era um exemplo de fortaleza, de dignidade, força, fibra, determinação, coragem e bravura. Aos 89 anos, este patriarca esbanjava lucidez. Foi fiscal de tributos e delegado de Políciade Bernardino Batista quando este era Distrito de Triunfo.

Seu caráter e determinação para resistir às dificuldades da vida o tornou um homem digno, sereno, determinado, destemido e batalhador. Era referência para a família. Eraconsiderado uma das reservas morais da terra dos primos casados. Era carismático, querido e considerado um dos cidadãos ilustres do Município de Bernardino Batista.

Abdias Duque de Abrantes
Jornalista MTB-PB Nº 604

Notícias relacionadas:

Brasil
Cotidiano
Paraíba