Onze vereadores de Santa Rita são presos suspeitos de forjarem congresso em Gramado

Por:
Onze vereadores de Santa Rita, PB, são presos suspeitos de desviar dinheiro público para viagem — Foto: TV Cabo Branco/Reprodução

Onze vereadores de Santa Rita, PB, são presos suspeitos de desviar dinheiro público para viagem — Foto: TV Cabo Branco/Reprodução

Uma operação do Gaeco e das Delegacias de Repressão ao Crime Organizado e Combate a Corrupção, resultou na prisão de 11 vereadores da cidade de Santa Rita que retornavam de Gramado, no Rio Grande do Sul, na madrugada desta terça-feira (05), após participarem de um falso congresso.

Foram presos o presidente da Câmara Anésio Miranda, além dos vereadores Brunno Inocêncio, Carlos Antônio, Diocélio Ribeiro, Francisco Medeiros, Francisco Queiroga, Ivonete Barros, Marcos Farias, Roseli Diniz, Sergio Roberto e o contador Fabio Cosme.

A ação foi integrada, contando com a participação das Polícias Civis do Rio Grande do Sul, Sergipe, além do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público da Paraíba (MPPB). A Polícia Rodoviária Federal deu apoio logístico a operação, realizando a abordagem dos veículos, em um ponto na região de Mata Redonda, em Alhandra.

Evento fake

O delegado Alan Murilo Térruel, da Delegacia Especializada de Repressão ao Crime Organizado (Draco), afirmou que a palestrante que daria o curso em Gramado, publicou em seu perfil no Instagram uma foto no Ceará.

“O evento não existia. Os vereadores contactaram a empresa, em benefício próprio, o evento seria só para eles”, disse o delegado.

Gastos excessivos

Antes da viagem a Gramado, os vereadores também participaram de outros congressos capacitantes nos estados de Pernambuco, Rio Grande do Norte e Paraná. De acordo com os números, só com diárias, em 2017, os vereadores da atual gestão gastaram R$ 316.711,88, em 2018 o valor do gasto com o dinheiro público subiu para R$ 425.798,00, e em 2019, até o momento, foram R$ 585.492,24 usados para custear a estadia dos suspeitos.

Com salários de R$ 10 mil cada um, e o do presidente R$ R$ 15.031,00 com a verba de representação, os vereadores de Santa Rita não se acanharam nos gastos com diárias.

Veja a lista dos vereadores presos:

1 – Anesio Alves de Miranda Filho – Presidente da Câmara
2 – Brunno Inocencio da Nóbrega Silva
3 – Carlos Antônio da Silva
4 – Francisco de Medeiros Silva
5 – Diocélio Ribeiro de Sousa
6 – Francisco Morais de Queiroga
7 – João Evangelista da Silva
8 – Ivonete Virgínio de Barros
9 – Marcos Farias de França
10 – Sérgio Roberto do Nascimento
11 – Roseli Diniz da Silva

PB Agora

Notícias relacionadas:

Paraíba
Policial
Paraíba