Advogado é detido suspeito de dupla tentativa de homicídio em São João do Rio do Peixe

Por:
Na casa do suspeito foram apreendidos um revólver, uma pistola, duas espingardas e munições, na Paraíba — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Na casa do suspeito foram apreendidos um revólver, uma pistola, duas espingardas e munições, na Paraíba — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Um advogado foi detido na manhã desta quinta-feira (5) suspeito de uma dupla tentativa de homicídio, em São João do Rio do Peixe, no Sertão da Paraíba. De acordo com o delegado James Costa Torres, responsável pelo caso, o advogado, de 63 anos, foi detido após mandado de busca e apreensão expedido pela Justiça. Na casa dele foram apreendidos um revólver, uma pistola e duas espingardas, além de várias munições.

Conforme o delegado, o advogado é suspeito de, junto com o irmão, atirar em duas pessoas no dia 23 de junho deste ano. Uma das vítimas foi atingida pelos tiros. Após o mandado de busca e apreensão, por volta das 6h desta quinta-feira, o homem acabou sendo preso também por posse ilegal de arma de fogo.

“Durante o mandado de busca e apreensão na casa e escritório do suspeito, foram apreendidas duas espingardas calibre 12, uma pistola calibre 38 e um revólver calibre 32. Ele mostrou os registros da pistola e das espingardas, mas que já estão vencidos. Foi feito o flagrante em relação ao revólver e a diversas munições encontradas também”, explicou o delegado.

Ainda segundo James Costa, foram feitas buscas nas residências do irmão do suspeito e de outros parentes da família, mas nada foi encontrado. “Já existiam desavenças entre as vítimas e os dois irmãos. Foi quando, no dia 23 de junho deste ano, o advogado e o irmão dele tentaram matar essas duas pessoas”, relatou.

O advogado, junto com as armas e munições apreendidas, foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil de São João do Rio do Peixe. Mas, conforme o delegado, o homem foi liberado após pagamento de fiança e vai responder em liberdade. “Além da dupla tentativa de homicídio, em que o inquérito foi encaminhado pra Justiça, agora ele vai responder por posse ilegal de arma de fogo”, concluiu.

G1 PB

Notícias relacionadas:

Paraíba
Cidades
Cidades