Multidão acompanha enterro de vendedor da ‘furadinha’ que morreu em acidente no Maranhão

Por:

O corpo foi levado para a igreja do bairro São Sebastião às 19 horas.

Uma grande aglomeração de pessoas acompanhou na noite desta terça-feira (20) o sepultamento do jovem vendedor da furadinha, Fernando Pereira Rosa, de 33 anos, que morreu na manhã da última segunda-feira vítima de um trágico acidente automobilístico no estado do Maranhão.

O corpo de “Biramar”, como era conhecido pelos mais próximos, chegou em São José de Piranhas por volta das 16h00 e foi velado na residência da mãe, na Avenida Centenária. Às 19h00, sob comoção de familiares, amigos, e aplausos de colegas de profissão que também atuam na ‘furadinha’ (vendedor ambulante), o caixão saiu em cortejo até a igrejinha do bairro São Sebastião, onde foi celebrada uma missa de corpo presente, pelo padre Dalmir Cornélio. Depois, por volta das 20h30 o cortejo seguiu para o cemitério local, onde o corpo foi sepultado.

Fernando Pereira Rosa morreu após uma batida envolvendo o carro que ele conduzia, modelo Fiat, de placa NQF-5404 e um caminhão guincho, que transportava um chassis de outro veículo, na BR-010, na entrada da cidade de Imperatriz no Maranhão.

Na batida, Fernado não resistiu aos ferimentos e faleceu no local. A outra vítima, Neidiana Mendes, que também é de São José de Piranhas, ficou ferida e foi socorrida pelo Samu em estado grave. Ela foi submetida a uma cirurgia e continua internada.

Uma multidão participou da cerimônia fúnebre. Além de familiares e amigos, os colegas de profissão fizeram questão de estar presente na despedida do companheiro.

Radar Sertanejo

Notícias relacionadas:

Política
Paraíba
Paraíba