PESQUISA: Aumenta o consumo abusivo de álcool entre as mulheres

Por:
Mulher com copo de bebida

FOTO: GETTY IMAGES

O consumo abusivo de álcool aumentou 42% entre as mulheres, em uma comparação de crescimento em relação ao percentual de homens, no período de 2006 a 2018.

Os dados são da Pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), de 2018, divulgado pelo Ministério da Saúde. Então, para reduzir esses números, uma aposta do Governo é realizar campanhas de conscientização, como explica o Secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Wanderson Kleber.

“Eu acho que a estratégia melhor é a informação, é trabalhar a informação. Os malefícios do álcool. Explicar para um consumo regular e social mais sustentável, porque, no caso delas, o aumento foi maior do que comparado com os homens. Então, temos que identificar e fazer campanhas para que diminua”.

Apesar disso, os homens ainda são os que mais consomem álcool em excesso no Brasil. A pesquisa apontou que entre os homens o exagero é mais frequente na faixa etária de 25 a 34 anos, e entre as mulheres o maior consumo ocorre nas idades de 18 a 24 anos. Com o avanço da idade, o consumo abusivo diminui em ambos os sexos, sendo que o menor percentual foi observado em pessoas a partir dos 65 anos.

Janary Bastos Damacena
Agência do Rádio Mais

Notícias relacionadas:

Policial
Brasil
Política