Operação da PF cumpre mandados de prisão contra suspeito de assaltos aos Correios na PB

Por:

Três mandados de prisão foram cumpridos (Foto: Arquivo)

A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (10) a Operação Yakuza II, para desarticular organização criminosa dedicada a realização de assalto às agências dos Correios, na Paraíba. A operação teve a ajuda de servidores da Secretaria de Administração Penitenciária da Paraíba.

Foram cumpridos na manhã de hoje três mandados de prisão preventiva contra Alysson Elias da Silva, conhecido como “Japa” ou “Pampo”. Segundo a Polícia Federal, é um suspeito de alta periculosidade que também já teria se envolvido em pelo menos dois homicídios.

Ao todo, a PF já cumpriu seis mandados de prisão contra o Japa. Japa é acusado de ter assaltado seis agências dos Correios na Paraíba, no ano de 2018.

Os crimes cujos mandados foram cumpridos nesta quarta-feira (10) aconteceram nos municípios de Bayeux, no dia 21 de setembro de 2018; e no mesmo dia, 27 de setembro de 2018, no município de Juripiranga e no bairro de Cruz das Armas, em João Pessoa. Os investigadores descobriram que “Japa” praticou dois crimes no mesmo dia, um pela manhã e outro à tarde.

Outros mandados já haviam sido cumpridos contra o suspeito: no município de Esperança, em 12 de julho de 2018; Jacaraú, em 20 de julho de 2018; e Picuí, em 27 de julho de 2018.

Segundo a polícia, “Japa” conta com longo histórico criminal que envolve outros assaltos e até mesmo homicídios. Ele é acusado de envolvimento no assassinato do comerciante Antônio José Tavares Neto, conhecido como “Tony Tavares”, na cidade de Sapé, em 01 de abril de 2015.

Japa já se encontrava preso desde 08 de novembro de 2018, recolhido ao sistema penitenciário da Paraíba. Ele se encontra, segundo o delegado da Polícia Federal Fábio Maia, no Presídio Geraldo Beltrão, mas a PF tenta a sua remoção para o PB1.

As ordens de prisão foram expedidas pelo Juízo da 16ª Vara Federal em João Pessoa.

A PF ainda investiga a participação de um comparsa em alguns dos assaltos a agências dos Correios.

 

Click PB

Notícias relacionadas:

Cultura
Política
Paraíba