Deputado e Radialista ‘batem boca’ durante protesto de motoristas na PB

Por:

O que seria um protesto promovido por motoristas do aplicativo Uberque, terminou em um grande bate boca entre o deputado estadual Cabo Gilberto (PSL) e o radialista Emerson Machado. Os manifestantes pediam a liberdade de colega acusado de matar um suposto assaltante, na tarde deste sábado (9), em frente do Fórum Criminal, em João Pessoa, ficou marcado por um fato inusitado.

Durante o protesto, o deputado estadual Cabo Gilberto (PSL) e o radialista Emerson Machado, que foram ao local para prestar solidariedade aos manifestantes, acabaram trocando “farpas” Bastante alterado, o radialista disse que foi ameaçado pelo Cabo Gilberto.

O bate-boca entre os dois foi filmado por várias pessoas que presenciaram o fato, e as imagens logo foram compartilhadas em grupos de conversas no WhatsApp.

Durante a discussão, o Cabo Gilberto rebate uma suposta cobrança pública feita por Emerson Machado. “E eu sou governador? E eu sou governador, tenha vergonha na sua cara e trabalhe direito, rapaz”, disse o deputado.

Em outro momento da discussão, ele chegou a afirmar que não tinha medo do parlamentar,

“Eu não tenho nem mandato e sou cobrado. E, não posso cobrar não? Eu não tenho medo do senhor não. Está sendo filmado”, “Pode filmar, eu não quero que você tenha medo de mim, eu quero que você seja homem”, “Eu trabalho, sou pai de família trabalhador como todos aqui”, respondeu Emerson.

A discussão ocorreu durante a audiência de custódio que promoveu a liberdade do motorista do aplicativo Uber, detido após ter matado um suspeito de assalto na madrugada deste sábado (9), próximo ao Parque de Exposições, no bairro do Cristo Redentor, em João Pessoa.

Durante toda a audiência de custódia, colegas de trabalho da Uber promoveram protestos do lado de fora do Fórum Criminal, pedindo a liberdade do motorista.

 

Redação PB Agora

Notícias relacionadas:

Paraíba
Política
Paraíba