Energisa realiza operação de combate ao furto de energia em Patos

Por:

A cidade é a terceira com maior furta energia no sertão da Paraíba.

Nesta segunda-feira, 03 de dezembro, a Energisa começou uma ação de combate ao furto de energia na cidade de Patos. A operação, que acontece com apoio da Polícia Civil e o Instituto de Polícia Cientifica (IPC), continua nesta terça-feira, 04. Patos é a terceira cidade com maior índice de furto de energia no Sertão do Estado. Com as ações realizadas em 2018, a Energisa conseguiu recuperar 13.000 MWh que vinham sendo desviados por furto de energia, quantidade suficiente para abastecer mais de 70 mil casas por um mês.

“O consumidor regular também é prejudicado com a prática dos ‘gatos’, pois parte do valor roubado é acrescido na tarifa”, afirma Felipe Costa, gerente de Combate às Perdas. Além do prejuízo financeiro, o consumidor pode ter a qualidade do fornecimento de energia prejudicada, já que a rede não foi dimensionada para suportar gambiarras, pode provocar incêndios e choques elétricos, colocando em risco a vida das pessoas.

Apenas neste ano, mais 10 mil unidades consumidoras foram autuadas na Paraíba, totalizando cerca de 175.300 MWh desviados, quantidade suficiente para abastecer todos os clientes residenciais da capital João Pessoa, por um mês. Ao todo, mais de 100 pessoas foram presas pelo crime.

A importância do trabalho de combate a esse tipo de crime é também um apelo da sociedade e do governo, uma vez que reflete diretamente na arrecadação do ICMS para o Estado, ressalta Felipe Costa. “O Governo estadual deixa de arrecadar anualmente mais de R$ 35 milhões em função do furto de Energia no estado da Paraíba. A população perde com isso, uma vez que este valor poderia ser revertido em infraestrutura básica, saúde e educação, por exemplo” .

O cliente pode e deve denunciar os furtos de energia, de forma anônima, furtos de energia, pelo telefone 0800 083 0196, site e/ou aplicativo Energisa On.

Notícias relacionadas:

Cidades
Cidades
Cidades