Multidão acolhe novo padre e diácono das paróquias de São José de Piranhas e Carrapateira (veja vídeo)

Por:

Uma multidão de católicos das paróquias São José, da cidade de São José de Piranhas, e Santo Afonso, do município de Carrapateira, acolheu, no fim da tarde e início da noite desta segunda-feira (24), o novo padre Dalmir Cornélio da Silva, 35 anos. Padre Dalmir foi vigário da Paróquia Sagrada Família, em Cajazeiras, nos últimos três anos. Além dele, também foi recebido o diácono Thiago Dias Ramalho. (Veja entrevista com o novo padre no vídeo acima)

Momento da acolhida do padre e do diácono na frente da Casa Paroquial.

Seguindo as normas da Igreja, o novo pároco foi acolhido, recebeu simbolicamente a chave da cidade das mãos do prefeito Chico Mendes, e após os tradicionais ritos de posse, o sacerdote foi conduzido à porta central da matriz de São José de Piranhas ao lado do bispo diocesano, Dom Francisco de Sales.

Momento da entrega simbólica da chave da cidade ao padre Dalmir Cornélio da Silva.

A Posse Canônica do novo Pároco aconteceu acompanhada por fiéis, mais de 20 padres, diáconos finalizando com a Santa Missa, presidida pelo Bispo diocesano Dom Francisco de Sales.

Em entrevista, ao site Radar Sertanejo, no salão paroquial, Padre Dalmir disse que foi com grande alegria que ele foi acolhido e recebido pelas duas paróquias. “Estou alegre, feliz, com o coração muito contente. Viemos em nome da Igreja trazer essa evangelização. Cada padre tem o seu jeito de ser e trazer para a Igreja a novidade do Evagelho, que é sempre Jesus Cristo” – disse.

Multidão de pessoas na frente da igreja matriz de São José de Piranhas.

Ele disse que a primeira coisa a fazer como novo pároco será escutar, conhecer as comunidades e a paróquia, os paroquianos, a realidade, o chão, para depois fazer realmente aquilo que a Igreja necessita, como por exemplo, inovar e renovar algumas coisas. (veja a entrevista completa no vídeo acima)

Sobre as mudanças de padres da Diocese de Cajazeiras, o bispo diocesano Dom Francisco de Sales afirmou ao Radar Sertanejo (vídeo) que isso é uma realidade habitual na vida da Igreja. “Toda mudança carrega um misto de esperança e sentimento de saudade por parte da comunidade, mas nós acreditamos que é muito positivo, tanto para a comunidade quanto para o pároco que assume” – revelou.

Sobre a função do pároco

Conforme o Código de Direito Canônico, a função do pároco é exercer o cuidado pastoral da comunidade que lhe foi entregue, sob a autoridade do bispo diocesano, em cujo ministério de Cristo é chamado a participar a fim de exercer em favor da comunidade o múnus de ensinar, santificar e governar, com a cooperação dos outros presbíteros ou diáconos e com o auxílio dos fiéis leigos, de acordo com o Direito.

Veja mais fotos

Conheça o novo padre

Padre Dalmir Cornélio da Silva, nasceu em 2 de julho de 1982 em Sousa-PB. Filho caçula do casal Aristides e Severina, que teve 12 filhos. Residiu até os 13 anos na comunidade rural de Riachão dos Anísios município de Sousa. Desde pequeno acompanhava sua tia Auxiliadora nas novenas e procissões da comunidade. Ao ir morar na cidade de Sousa logo ingressou em um grupo de jovens chamado Francisvida. Neste grupo foi descobrindo e cultivando sua vocação, onde recebeu um convite do amigo Antônio Lacerda a ser Coroinha de Padre Dagmar, e depois, participar do encontro vocacional em Cajazeiras. Aos 19 anos ingressou no Seminário Nossa Senhora da Assunção para cursar os estudos propedêutico, filosófico e ainda se especializou em Filosofia Clínica. O seminarista Dalmir foi por 4 anos membro do setor de juventude da Diocese e 1 ano como membro da pastoral vocacional. Em 2008 ingressou no Seminário Imaculada Conceição, em João Pessoa, e depois transferido ao Seminário São José, no Crato, para concluir a teologia. Em 2012 começou seu estágio no Seminário da Assunção em Cajazeiras a pedido de Dom José para coletar dados históricos para a comemoração alusiva ao Centenário da Diocese de Cajazeiras. Ainda no dia 12 de agosto do mesmo ano se ordenou diácono. E então no dia 25 de janeiro de 2013 no Santuário Eucarístico de Sousa se ordenou presbítero. Neste mesmo ano recebeu a provisão para ser vice-reitor do Seminário Nossa Senhora da Assunção. E no dia 11 de junho de 2014 foi nomeado vigário paroquial da Paróquia Sagrada família, em Cajazeiras. Em 2015 começou a cursar o bacharelado em Psicologia da faculdade santa Maria. No dia 14 de junho de 2017 foi anunciado para a Paróquia São José em São José de Piranhas e Santo Afonso em Carrapateira. Neste dia 24 de julho foi empossado oficialmente nesta nova missão.

Radar Sertanejo

Notícias relacionadas:

Política
Policial
Cidades