Prefeito homenageia cajazeirense por prêmio em festival de cinema

Por:

O prefeito Luciano Cartaxo recebeu, em seu gabinete, a atriz Marcélia Cartaxo. O encontro, que aconteceu nesta segunda-feira (28), teve um motivo especial: homenagear a estrela paraibana, que na última semana ganhou o prêmio de melhor atriz na 48ª edição do Festival de Brasília. Ela foi reconhecida pela sua atuação no filme “Big Jato”, do pernambucano Cláudio Assis.

“Marcélia é um dos grandes nomes do cinema paraibano e que sempre nos orgulha muito ver seu talento reconhecido no Brasil e no mundo”, afirmou Cartaxo. “Hoje fazemos essa justa homenagem por mais esse prêmio, e pelo fato de Marcélia estar representando tão bem a cidade de João Pessoa e o estado da Paraíba”, completou.

Esse é o quarto prêmio que a paraibana, natural de Cajazeiras, arremata no mesmo festival e o segundo como protagonista. Na trama, ela interpreta Maria, mulher pobre e trabalhadora que vende perfumes enquanto o marido trabalha com excrementos no caminhão Big Jato.

“É uma esposa que espera que o marido mude de vida e procure uma forma melhor de viver”, explicou Marcélia. De acordo com ela, a composição do personagem foi resultado de uma aprofundada pesquisa. “Com o tempo desenvolvi uma técnica pessoal de estudo do personagem dentro do roteiro que me permite fazer uma imersão naquele contexto”, explicou.

Sobre a vitória no festival, a atriz afirmou estar muito feliz. “Eu ganhei o Urso de Ouro logo no início da minha carreira e a partir daí sentia a necessidade de me afirmar a cada novo trabalho, por isso considero essa resposta tão importante”, contou, referindo-se ao prêmio de melhor atriz recebido no Festival de Cinema de Berlim pelo filme “A Hora da Estrela” (1984), adaptado da obra de Clarisse Lispector.

O longa ainda levou os troféus de melhor filme, roteiro e trilha sonora, além do troféu de melhor ator, dado a Matheus Nachtergaele.

Premiações – Em 2003, Marcélia também foi laureada pelo desempenho em “Madame Satã”, no Grande Prêmio do Cinema Brasileiro. Ano passado, em Paulínia, o prêmio de melhor atriz foi dividido com a conterrânea Zezita Matos e a cearense Débora Ingrid.

Na Prefeitura Municipal de João Pessoa, Marcélia coordena a Divisão de Audiovisual da Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope) e está à frente do edital de fomento à produção de curtas, média e longas-metragens Walfredo Rodriguez, que contempla outros diretores.

Notícias relacionadas:

Cidades
Cultura
Cidades