Prefeito nega aumento a professores e gera mal estar na categoria

Por:

neneca pO aumento de 13% para os professores municipais do município de Barro-CE, reivindicado pela categoria, está sendo negado pelo prefeito Neneca Tavares que insiste na queda de braço em não ceder nas negociações com a classe docente.

Professores da rede municipal lamentam a atitude do gestor barrense que, embora, tenha formação superior para o magistério, depois que assumiu o cargo de prefeito esqueceu e não valoriza a categoria.

Ao mesmo tempo que nega aumento para os professores, Tavares,  mandou projeto de lei para o poder legislativo, em fevereiro deste ano,   substituindo portaria para dar aumento a uma funcionaria de sua confiança. Ela  recebia um salário mínimo e passou agora a receber R$: 2.500. “Esse projeto foi votado em plena crise com a categoria dos professores que reivindicam aumento de 13%. E até agora nada. A isonomia administrativa foi pro brejo, isso é uma vergonha.” Disse uma estudante ao Radar Sertanejo.

Notícias relacionadas:

Cidades
Brasil
Política