Exportações de calçados recuam na Paraíba

Por:

Entre os meses de janeiro e outubro deste ano, as empresas paraibanas exportaram 18,2 milhões de pares de calçados, registrando uma queda de 11,1% na quantidade de exportações realizadas no mesmo período do ano passado, quando foram exportados 20,5 milhões de pares de calçados. Apesar da queda, conforme dados da Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados), a Paraíba continua ocupando o terceiro lugar do ranking em número de pares embarcados para outros países.

De acordo com o relatório da Abicalçados, mesmo com a queda no número de pares exportados, o faturamento das empresas aumentou, ultrapassando US$ 67 milhões, mantendo o estado na quarta colocação do ranking nacional quanto ao faturamento. Em comparação com o mesmo período do ano passado, quando o valor das exportações foi US$ 61,8 milhões, o aumento foi de 8,4%,
Para o presidente do Sindicato das Indústrias de Calçados da Paraíba, Eduardo Souto, a redução na quantidade de pares se deve principalmente à crise econômica em alguns dos principais destinos dos calçados paraibanos. “A crise econômica atingiu países que compravam muitos produtos do Brasil e acabaram reduzindo este volume de compras”, ressaltou.

O representante dos empresários paraibanos ressaltou ainda que apesar do declínio na quantidade de exportações, o faturamento das indústrias ainda é positivo, mesmo em queda sobre o mês anterior de setembro (10,2%), que apresentou taxa mais alta. “Mesmo que a quantidade de pares exportados tenha sido negativo, o nosso faturamento não recuou, isto significa que o valor agregado de nossos produtos está aumentando”, acredita.

Segundo a Abicalçados, em todo o país, a quantidade de pares de calçados exportados sofreu uma redução de 23,6% em comparação com os dez meses do ano passado. Além disto, o faturamento sofreu também redução de 13,6%. “Isto mostra que, mesmo com a crise no mercado externo, a Paraíba está conseguindo se sair bem melhor que outros estados da federação e manteve a terceira colocação", declarou.

JP Online

Notícias relacionadas:

Paraíba
Policial
Política