Justiça suspende sessão que aprovou MP da saúde na PB

Por:

A Justiça concede liminar suspendendo a sessão da Assembléia Legislativa que aprovou a Medida Provisória da Saúde, realizada na última quarta-feira.

A suspensão foi requisitada pela deputada Daniela Ribeiro (PP), alegando que a aprovãção da MP ocorreu sem forum qualificado na AL.
De acordo com os argumentos apresentados pela parlamentar, e acatados pelo desembargador Romero Marcelo, do Tribunal de Justiça da Paraíba, a MP precisaria de no mínimo 24 votos favoráveis para a aprovação.

O placar da sessão contabilizou apenas 19 votos a favor da Medida Provisória, que implanta a gestão pactuada na área da saúde e que, segundo fontes do governo, pode ser extensiva a todos os hospitais da rede estadual.
Atualmente, a gestão pactuada já funciona no Hospital de Trauma, gerido pela Cruz Vermelha.

"A sessão foi irregular, e com a suspensão dela, a MP terá que ser novamente votada", explica a deputada.
A MP já foi sancionada e publicada nessa sexta-feira (7),  no Diário Oficial.

Fonte: Portal Correio

Notícias relacionadas:

Paraíba
Política
Policial