Na trasposição: Operários acham vestígios indígenas

Por:

Trabalhadores da transposição do Rio São Francisco em São José de Piranhas  encontraram durante a última semana nas obras do Eixo Norte, situada no Sítio Morros, vestígios de um cemitério indígena.
 
Entre os indícios foram encontrados pedaços de uma igaçaba (vaso funerário em cerâmica utilizado como urna funerária pelos indígenas), fragmentos de ossadas humanas e pedaços de lanças (Armadilha utilizadas pelos índios).

Os fragmentos de objetos foram encontrados quando os trabalhadores escavavam valas nas obras. Sem conhecimento da descoberta de objeto arqueológico, os operários comunicaram aos responsáveis pelas obras que deverão solicitar estudos sobre os achados.

Segundo historiadores, a região onde foram encontrados os vestígios era habitada pelos índios Ariús.  
Os Ariús são um grupo indígena que habitava a região do estado da Paraíba. São descendentes dos Tapuias e se tornaram aliados do Capitão-mor no Sertão.  
 

Notícias relacionadas:

Paraíba
Paraíba
Cotidiano