Prefeito Léo Abreu pode se afastar do cargo por um ano

Por:

O prefeito Leonid Abreu (PSB) da cidade de Cajazeiras poderá se afastar do cargo por um ano e deixar o seu vice, Carlos Rafael, à frente da prefeitura municipal da Terra do Padre Rolim.

A notícia que saiu dos bastidores no fim da tarde desta quarta-feira (2) ecoou como uma bomba no meio político cajazeirense e sertanejo. Os motivos que poderá levar o prefeito de Cajazeiras a tomar essa decisão ainda são desconhecidos.  Mas, segundo comentários, Léo teria percebido que o seu ‘dote’ não é a política, mas sim, a profissão da medicina.

Abreu desde quando assumiu a prefeitura de Cajazeiras, há dois anos, ainda não conseguiu realizar grandes projetos. Chegou a trocar quase todos os secretários municipais e mesmo assim os problemas continuaram principalmente na saúde pública do município que travaram a administração.

Segundo fontes do meio político cajazeirense, com quem o Radar Sertanejo manteve contato, outro caso vem causando ‘mal-estar’ na vida política do prefeito. Trata-se do convite feito pelo presidente do PSB paraibano para que todos os socialistas dissidentes deixem o partido. Léo, que ainda pertence a legenda, apoiou a reeleição do ex-governador José Maranhão (PMDB) que foi derrotado no pleito de 2010.

Notícias relacionadas:

Cidades
Paraíba
Paraíba