Reitor da UFCG e lideranças do Alto Sertão vão à Brasília

Por:

O diretor geral do Hospital Regional de Cajazeiras (HRC), Dr. Antônio Fernandes Filho, viaja para Brasília nesta quarta-feira (11) junto a diversos interlocutores do campus do curso de Medicina da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) em Cajazeiras, inclusive o governador José Maranhão, o reitor da UFCG, Thompson Mariz, e o deputado estadual Jeová Campos (PT), para tratar do encaminhamento que será dado ao impasse existente a respeito do credenciamento do Curso de Medicina em Cajazeiras. Na oportunidade, a comitiva, cuja formação ainda inclui o deputado federal Wilson Santiago, que já se encontra na capital federal, se reunirá com o Ministro da Educação, Fernando Haddad. A audiência acontece quinta-feira (12), às 11h, no Ministério da Educação.

Dados defasados

Segundo o diretor geral do HRC, Dr. Antônio Fernandes Filho, o grupo agendou o encontro com o Ministro no final de julho após o parecer da Secretaria de Educação Superior do MEC que resolveu, baseada em dados defasados, pela impugnação do curso de Medicina na cidade de Cajazeiras. “As razões apresentadas no parecer da Secretaria não condizem com a realidade do Curso, que ainda em junho passou por uma inspeção do próprio MEC e, recebeu um ótimo conceito”, disse o diretor, lembrando que o curso recebeu Conceito 3.

Avanços não computados

O deputado estadual Jeová Campos, que lutou pela instalação do curso na cidade em 2007 e integrará a comitiva paraibana em Brasília, disse que durante a audiência com o ministro da educação vai apresentar as incongruências do documento, que não refletem a realidade. “Temos um documento com dados absolutamente inverídicos. A infra-estrutura da saúde pública instalada na cidade, por exemplo, possui muito mais leitos do que o que foi apresentado. Só no HRC são 150 leitos, o Hospital Infantil tem mais 40 e ainda existe uma autorização da Secretaria de Saúde para aumento de leitos do Hospital Geral para 200. Eles alegam que só existem 62 leitos”, desabafa.
 

Notícias relacionadas:

Cidades
Policial
Cotidiano