MPF remete ao MPPB investigação sobre aprovação de contas da prefeitura de Bom Jesus pelo TCE

Por:
MPF publicou abertura de inquérito no Diário Eletrônico nesta terça-feira (16) — Foto: Reprodução

MPF publicou abertura de inquérito no Diário Eletrônico nesta terça-feira (16) — Foto: Reprodução

O Ministério Público Federal na Paraíba (MPF-PB) remeteu para o Ministério Público Estadual (MPPB) a responsabilidade parcial sobre uma investigação referente ao Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB), após uma aprovação das contas da Prefeitura de Bom Jesus, no Sertão da Paraíba, com supostas irregularidades.

A abertura de um inquérito de investigação foi publicado no Diário Eletrônico do MPF desta terça-feira (16). Porém como o MPF não tem atribuição para investigar o TCE-PB, o inquérito foi remetido ao MPPB.

Conforme publicação do diário, a investigação teve início a partir da representação formulada pelos vereadores Américo Vespúcio Furtado Pereira, Neozinete Nunes de Arruda, Tomaz Duarte Neto e Solangia Rolim Freitas Mendes.

O G1 entrou em contato com a assessoria do TCE-PB, mas até a publicação desta reportagem, nenhuma resposta sobre o caso havia sido enviada.

De acordo com a denúncia, a prefeitura iniciou uma obra na quadra de esporte na Escola Maria do Carmo, mas não concluiu. Esse fato seria motivo de irregularidade que impediria o TCE-PB de aprovar as contas do executivo municipal.

Segundo informações do MPF, o inquérito tem o objetivo de coletar de elementos para auxiliar a formação de convicção ministerial acerca dos fatos, e procedendo ao registro da presente instauração na capa dos autos e no sistema informatizado de cadastro.

.

G1 PB

Notícias relacionadas:

Cultura
Cultura
Paraíba