Polícia prende grupo suspeito de roubar R$ 500 mil em joias no Sertão

Por:

Operação ‘Ouro Fino’ prende grupo suspeito de roubo a joalherias em Catolé do Rocha. (Foto: Catolé News)

Cinco suspeitos de integrarem uma quadrilha especializada em arrombar joalherias foram presos em Catolé do Rocha, no Sertão da Paraíba, na manhã desta quinta-feira (13). A Operação “Ouro Fino”, da Polícia Civil, cumpriu cinco mandados de prisão e de busca e apreensão. De acordo com o delegado Sylvio Rabello, o grupo é suspeito de roubar cerca de R$ 500 mil em joias de duas joalherias localizadas no Centro da cidade.

Segundo o delegado, os suspeitos eram vigilantes dos estabelecimentos, contratados de uma rede de segurança privada, e colaboravam nas ações criminosas.

O delegado informou que os crimes aconteceram a cerca de três meses e, após investigações, a polícia descobriu que os vigilantes eram integrantes da quadrilha e facilitavam as ações durante a madrugada. Eles ajudavam o grupo a entrar nos locais e colaboravam com a fuga dos criminosos.

Os cinco suspeitos foram presos em residências da cidade e em sítios da zona rural do município. Com eles, a polícia encontrou diversas joias, que acredita serem produtos dos roubos.

Na manhã desta quinta-feira (13), a polícia informou que os suspeitos foram conduzidos para a 18ª Delegacia Seccional de Polícia Civil, onde permanecem detidos. Eles serão ouvidos e depois encaminhados para o Presídio Manoel Gomes da Silva, em Catolé do Rocha.

G1 PB

Notícias relacionadas:

Policial
Cidades
Cidades