VÍDEO: Presidente da Câmara de Cajazeiras faz balanço do primeiro período legislativo

Por:

As atividades na Câmara Municipal de Cajazeiras foram retomadas na última segunda-feira, 9 de julho, depois de uma pequena pausa para as festividades juninas e os jogos da Copa do Mundo. Logo na primeira reunião, os vereadores participaram de uma Audiência Pública, que contou com representantes dos vigilantes municipais, SINFUNC e procuradoria do município, para discutirem sobre a implantação do direito ao adicional de periculosidade dos vigilantes municipais. No final, foi formada uma comissão com dois vereadores oposicionistas e dois situacionistas com o objetivo de analisar a situação.

Logo depois da sessão, o presidente da Câmara, vereador Barcos barros (PSB), recebeu o Radar Sertanejo, quando fez uma análise do primeiro período legislativo em 2018 e falou de algumas coisas que estão previstas para este segundo semestre do ano. Veja a entrevista no início da reportagem.

Audiência Pública que discutiu a implantação do direito ao adicional de periculosidade dos vigilantes municipais (Foto: Dida Gonçalves).

Barros fez um balanço dos trabalhos realizados pela Câmara e citou algumas lutas importantes em prol do povo cajazeirense, a exemplo de muitas sessões especiais e audiências públicas. “ Nós fizemos aqui a sessão das mulheres, das crianças, dos autistas, contra as drogas, tratamos da segurança pública, realizamos uma homenagem ao ex-governador Ivan Bechara Sobreira, esta Casa fez sessão itinerante no distrito de Cajazeiras Velha, no Leblon, discutimos a questão do Açude Grande, fizemos uma Audiência Pública para discutir a implantação da UTI Neonatal no HUJB de Cajazeiras e muitos outros temas importentes. Foi um período de muitas discussões e debates”, disse o presidente da Casa Otacílio Jurema.

Audiência Pública realizada na segunda-feira (09).

Na entrevista o chefe do Legislativo disse que a Câmara Municipal de Cajazeiras é uma Casa que tem sido vigilante e atenta a todos os assuntos. “Posso dizer que foi um período muito positivo, com muitos debates e a participação da população, que era esse o nosso grande sonho”, ressaltou. Ele concluiu dizendo a Casa tem servido de exemplo para todas as câmaras municipais da região, por ser um fórum de debate permanente. Assista a entrevista completa no vídeo acima.

Por Dida Gonçalves
Radar Sertanejo

Notícias relacionadas:

Policial
Cidades
Cidades