Comerciante reage a assalto e mata suspeito piranhense em Cajazeiras

Por:

Gabriel de Sousa, 20 anos, era natural de São José de Piranhas.

Um comerciante reagiu a um assalto e matou o suspeito, Gabriel de Sousa, 20 anos, natural de São José de Piranhas, dentro de uma lanchonete na cidade de Cajazeiras, no Sertão paraibano, segundo a Polícia Militar. O caso ocorreu por volta de 0h30 desta quarta-feira (16). Outro suspeito de participar do roubo conseguiu fugir levando celulares e dinheiro de clientes do estabelecimento.

Dois homens armados com uma faca e uma espingarda calibre 28, entraram na lanchonete localizada na Avenida Júlio Marques do Nascimento, na saída para a cidade de Sousa, e anunciaram o assalto. Testemunhas relataram à polícia que os suspeitos ameaçavam matar os funcionários e proprietário, caso não entregasse o dinheiro e pertences.

Um deles com uma espingarda renderam os funcionários do estabelecimento comercial.

O proprietário da lanchonete estava armado e reagiu ao assalto, atingindo Gabriel de Sousa com um tiro na cabeça, segundo a PM. O Samu foi acionado e socorreu o jovem para o Hospital Regional de Cajazeiras, mas ele não resistiu e morreu antes de ser atendido.

A PM informou que Gabriel tinha várias passagens pela polícia. O corpo dele foi encaminhado ao Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (Numol) de Patos. O segundo suspeito conseguiu fugir do local levando celulares e dinheiro, mas na fuga abandonou a moto em que estava, uma Honda CG Today vermelha, além de duas facas que teriam sido usadas no crime.

Motocicleta usada no assalto a lanchonete.

Todo material apreendido foi encaminhado para a delegacia de Cajazeiras, onde a Polícia Civil irá investigar o caso. Ainda de acordo com a PM, a dupla era investigada por um roubo a um posto de combustíves localizado na PB-393, no distrito de Serra da Arara, em Cajazeiras, há uma semana.

Radar com G1 PB

Notícias relacionadas:

Brasil
Radar Flash
Cidades