Cajazeiras vai ganhar uma Academia de Artes e Letras

Por:

A cidade de Cajazeiras deve ganhar uma Academia de Letras, nos moldes das que existem em todo o país. No caso de Cajazeiras, cidade localizada no Alto Sertão da Paraíba, a entidade teria o nome de Academia Cajazeirense de Artes e Letras. A iniciativa vem movimentando diversos setores da intelectualidade no município e tem o apoio da Secretaria de Cultura e Turismo, pasta comandada pelo secretário Ubiratan Pinheiro de Assis.

Academia de Letras é uma tradição que remonta ao século XVII, com a Academia francesa. O termo “academia” remonta a Academia de Platão – escola fundada pelo célebre filósofo grego nos jardins que um dia teriam pertencido ao herói Akademus (donde vem o nome). Ali buscava-se, pelo dialética socrática, o saber pelo questionamento e pelo debate. Ao contrário da Escola de Isócrates, onde o conhecimento consistia na mera repetição do saber. O Brasil seguiu essa tradição, com a criação de sua própria Academia, no Rio de Janeiro.

Diversos estados brasileiros também fizeram o mesmo, a exemplo da Paraíba, cuja entidade é atualmente presidida por Damião Ramos Cavalcante. As academias funcionam, geralmente, com 40 membros, chamados de “imortais”, que representam, cada um, um patrono. Para Cajazeiras, nomes como Padre Rolim, Cristiano Cartaxo, Deusdedit Leitão, Zé do Norte e outros deverão estar entre os patronos escolhidos pelos futuros fundadores da academia.

Reunião – Com a convocação de todos os titulares e suplentes, a Secretaria de Cultura e Turismo de Cajazeiras realizou, na última sexta-feira (20), uma reunião com os membros do Conselho de Cultura do Município. Comandada pelo secretário Ubiratan Pinheiro de Assis, que também é o presidente do conselho, a reunião contou com a participação de setores representativos da classe artística cajazeirense, além dos vereadores Jucinério Félix e Rivelino Martins.

Para o secretário Ubiratan de Assis, o encontro foi proveitoso, com a participação de todos, com encaminhamentos importantes, como o de avaliar todas as leis, dos últimos cinco anos, concernente à cultura de Cajazeiras, além de se criar um planejamento de um calendário de reuniões. A partir de então, toda primeira sexta-feira de cada mês será realizada a reunião do conselho, com a próxima sendo marcada para o dia 4 de maio. O secretário Ubiratan de Assis informou, ainda, que a Secretaria está preocupada com a realização de novos eventos. Neste mês de maio, o destaque é o centenário de Ivan Bichara, com a programação já definida. A Secult vem trabalhando, ainda, no sentido de agilizar a criação de Academia Cajazeirense de Artes e Letras (Acal), e na realização de um projeto de retretas na Praça Nossa Senhora de Fátima, inclusive na zona rural, com a Banda de Música Santa Cecília. “Estamos, também, nos preparando para uma vasta programação no aniversário da cidade, com a semana de arte e cultura”, afirmou.

Linaldo Guedes

Notícias relacionadas:

Policial
Policial
Policial