Livro sobre Padre Rolim é lançado em Cajazeiras e presidente da Energisa PB fala sobre o projeto cultural

Por:

A Energisa e a editora paraibana Patmos lançaram, na noite dessa quinta-feira (22), a obra Padre Rolim em Quadrinhos, 20º título da coleção literária Primeira Leitura. A solenidade foi realizada no Auditório Bento XVI do Centro Diocesano da Pastoral, em Cajazeiras, Sertão do Estado, com entrada gratuita aberta ao público. Veja entrevista acima.

O livro que conta a vida e a obra de Inácio de Sousa Rolim, educador considerado responsável pela fundação da cidade de Cajazeiras, teve como roteirista responsável o jornalista da terra, escritor e poeta, Linaldo Guedes, já as ilustrações são de Megaron Xavier, da capital João Pessoa.

Presidente da Energisa Paraíba e da Energisa Borborema, André Luís Cabral Theobald.

Em entrevista ao Radar Sertanejo, o diretor-presidente da Energisa Paraíba e da Energisa Borborema, André Luís Cabral Theobald, que esteve presente no evento, disse que essa ação mostra que a Energisa não é apenas poste e fio, é mais do que isso, acredita na cultura, porque ela transforma as pessoas e a sociedade. “E a única forma de a gente ajudar a cultura é apoiá-la, porque muitas pessoas não conhecem os vultos ou os heróis paraibanos” – ressaltou.

Presidente da Energisa Paraíba, André Theobald, e o jornalista Linaldo Guedes.

Saiba mais sobre o livro – Padre Rolim em Quadrinhos conta a vida e a obra de Inácio de Sousa Rolim, educador considerado responsável pela fundação da cidade de Cajazeiras, encravada no Alto Sertão paraibano. Em linguagem destinada ao público infanto-juvenil, o leitor vai ficar sabendo como o personagem construiu uma escola no sítio onde morava com os pais, após ser ordenado sacerdote no Seminário de Olinda, Pernambuco e como essa escola se tornou o ponto de partida para a criação de Cajazeiras.

Jornalista cajazeirense, escritor e poeta, Linaldo Guedes.

Com a obra, os leitores vão conhecer a revolução educacional provocada pela abnegação e o desprendimento do Padre Rolim, fazendo com que a cidade de Cajazeiras ficasse conhecida como “a terra que ensinou a Paraíba a ler”.

Solenidade de lançamento do livro no Auditório Bento XVI do Centro Diocesano de Pastoral, em Cajazeiras.

Por Dida Gonçalves
Radar Sertanejo

Notícias relacionadas:

Política
Concurso Público
Paraíba