Justiça Eleitoral cassa prefeito, vice e vereador de Santa Helena e determina novas eleições

Por:

O prefeito e o vice são acusados de compra de votos na eleição de 2016.

O juiz eleitoral Agílio Tomaz, de São João do Rio do Peixe, cassou na última quarta-feira (6), os mandatos do prefeito Emanoel Messias (PTB), do vice João Kléber e do vereador Júlio Neto (PT), de Santa Helena. Além da cassação, terão que pagar multa de R$ 30 mil UFIRs, cada.

Eles são acusados de compra de votos na eleição de 2016.

Como o único concorrente, o segundo colocado obteve mais de 50% dos votos, o magistrado deliberou por novas eleições.

.

Resenha Politika

Notícias relacionadas:

Cidades
Paraíba
Cidades