Aluna de Escola Estadual de São José de Piranhas é escolhida Jovem Senadora pela Paraíba

Por:

A estudante Maria Eduarda Pereira de Oliveira, da Escola Estadual de Curso Normal em Nível Médio São José, da cidade de São José de Piranhas, foi escolhida entre 83 alunos para representar a Paraíba no programa Jovem Senador 2017. A Paraíba foi o quinto Estado em número de inscritos.

O coordenador do programa Jovem Senador na Paraíba, Saulo Monteval, destacou a satisfação da escola e da aluna pela conquista. “A gestora e os professores da escola ficaram felizes e surpresos com a escolha da aluna, por ser de uma escola pequena de uma cidade do interior. Esse resultado levantou a autoestima da escola e da cidade, assim como da família da aluna, que se sentiu valorizada”, contou.
A aluna foi escolhida pela redação que criou, intitulada “Temos que ser plural”, para 10º Concurso de Redação do Senado Federal, que este ano teve como tema “Brasil plural: para falar de intolerância”. Outros 26 estudantes dos Estados brasileiros foram selecionados, um de cada unidade da Federação, e atuarão como jovens senadores em Brasília, no próximo mês de novembro. A aluna paraibana foi orientada pela professora Márcia Suzette de Sousa França Rolim.

Nesta edição, foram apresentadas ao projeto 153.955 redações em todo o país, um aumento de 35% em comparação com a Edição de 2016. A lista dos 27 jovens senadores vencedores está disponível no site: www.senado.leg.br/jovemsenador.

Jovens Senadores de 2017 – O primeiro lugar no concurso de redação ficou com a aluna Bruna Neri Cardoso Brandão, de Brasília, Distrito Federal, com a redação “Intolerância: barreira para a igualdade de gênero”. No segundo lugar o aluno Silmark de Araújo Alencar, do Maranhão, com a redação “Brasil: intolerância miscigenada” e o terceiro lugar na etapa nacional ficou com a aluna Raissa de Souza Reis, de Manaus, Amazonas, com a redação “Brasil: superar a intolerância para seguir em frente”.
Em 2017, o Jovem Senador mobilizou mais de 323.755 mil alunos matriculados no Ensino Médio de escolas públicas estaduais em todo o país, com até 19 anos, um aumento de 14% em relação à edição anterior. Os professores orientadores das redações selecionadas serão premiados com uma viagem a Brasília e acompanharão seus alunos, participando de uma programação específica na capital, incluindo um curso de formação.
Ao todo, o Jovem Senador contou diretamente com o apoio de 10.033 professores orientadores, um crescimento de 53% em relação à Edição de 2016. O Projeto atingiu, ainda, a marca de mais de um milhão de alunos mobilizados, totalizando 1.240.597 alunos desde sua primeira edição em 2011.

Os primeiros colocados nacionais foram escolhidos num universo de 27 redações, uma por unidade da Federação. Os textos passaram por duas seleções: uma na escola e outra na Secretaria de Educação do Estado e do Distrito Federal. A lista de todos os alunos classificados em segundo e terceiro lugares nos Estados e no DF também está disponível no site: www.senado.leg.br/jovemsenador.

Os jovens senadores estarão em Brasília de 27/11 a 02/12 e a cerimônia de posse ocorrerá no dia 28 de novembro no Plenário do Senado Federal. A legislatura tem início com a posse dos jovens senadores e a eleição da Mesa Jovem e se encerra com a aprovação dos projetos e a consequente publicação no Diário do Senado Federal.

Notícias relacionadas:

Brasil
Paraíba
Paraíba