TCE-PB exclui do concurso cargo para bacharel em Direito e insere cargo de nível médio

Por:

Edital está previsto para o mês de outubro (Foto: Walla Santos)

O concurso para o Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB), além de vagas para auditor de contas públicas, de nível superior, também vai disponibilizar vagas para agente de documentação, um cargo de nível médio, cujo salário inicial é R$ 5.519,61. A novidade foi apurada com exclusividade nesta segunda-feira (11) pelo Portal ClickPB junto ao conselheiro substituto Antonio Gomes Vieira Filho, membro da comissão responsável pelo processamento do concurso.

A má notícia, no entanto, é que o certame não mais oferecerá vagas para cargo de assistente jurídico, que exige bacharelado em Direito e o salário previsto era de R$ 7 mil.

A previsão, segundo Antonio Gomes, é que se mantenham as mesmas 20 vagas previstas para o concurso, distribuídas entre os dois cargos – auditor de contas públicas e agente de documentação. Para este último, adiantou Antônio Gomes, estão previstas cinco vagas. As demais, até 15 vagas, deverão ser para auditor de contas públicas, cargo que exige do candidato qualquer graduação de nível superior. O salário inicial para este cargo, segundo apurou o ClickPB, é de R$ 13.002,03. O último concurso para auditor de contas públicas ocorreu em 2009.

Ainda conforme explicou o membro da comissão, existem 13 vagas no quadro do tribunal de auditor de contas públicas para preenchimento imediato. Elas foram abertas por aposentadorias de servidores. Mas a expectativa é que surjam mais umas duas até o final do prazo de validade do concurso, segundo  conselheiro substituto.

Quando o concurso foi anunciado pelo presidente do TCE, André Carlo Torres, a previsão era oferecer 20 vagas, sendo 10 para auditor de contas públicas e 10 para assistente jurídico.

O edital do concurso está previsto para ser divulgado ainda este ano, mas o TCE ainda está em processo de escolha da empresa organizadora, que será uma das maiores do país. Já foram encaminhados, no final de agosto, os termos de referência para as empresas.

“Nós estamos aguardando as propostas das empresas que promovem concurso. Temos até o final deste mês para aprovar uma proposta de edital”, explicou Antonio Gomes à reportagem do ClickPB. Gomes acredita que na metade do mês de outubro ocorra a publicação do edital do concurso.

 

Click PB

Notícias relacionadas:

Cidades
Política
Política