Mais de mil benefícios do Bolsa Família são bloqueados em Piancó por irregularidades

Por:

Mais de mil benefícios do programa Bolsa Família na cidade de Piancó, no Sertão do Estado foram bloqueados por decisão da Controladoria Geral da União na Paraíba (CGU-PB). O bloqueio aconteceu após o cruzamento de dados do programa social e bancos de informação.

Estima-se que somente nos últimos três anos mais de R$ 84 mil foram repassados indevidamente em Piancó através do Bolsa Família. A CGU-PB constatou que entre os cadastrados no programa social estavam pessoas que possuíam bens móveis e até empresas em seu nome.

Ficou constatado que empresários e até mesmo funcionários da prefeitura e da câmara de vereadores da cidade recebiam o benefício social. Após o cruzamento de dados, pelo menos 1.079 beneficiários tiveram seu Bolsa Família bloqueados.

Ao todo, 2.750 pessoas de Piancó estavam inscritas no Programa Bolsa Família antes do bloqueio. De acordo com os dados levantados pela CGU-PB, cerca de 54% da população da cidade estava coberta pelo programa social, índice considerado elevado.

De acordo com a Controladoria, o próprio programa social realiza o bloqueio dos benefícios sociais quando o órgão constata alguma incoerência nos dados ou falta de informações no cadastro e o próprio programa. No entanto, este corte não é definitivo e quem se sentir prejudicado com a medida pode recorrer e desbloquear o benefício. Basta procurar a sede do Bolsa Família na respectiva cidade em que mora.

O Bolsa Família é um programa de transferência direta de renda, direcionado às famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza em todo o País, de modo que consigam superar a situação de vulnerabilidade e pobreza.

O programa busca garantir a essas famílias o direito à alimentação e o acesso à educação e à saúde. Em todo o Brasil, mais de 13,9 milhões de famílias são atendidas pelo Bolsa Família.

 

Redação ClickPB

Notícias relacionadas:

Cultura
Policial
Paraíba