Trabalhadores cobram manutenção de direitos previdenciários em audiência pública em São José de Piranhas

Por:

Uma grande multidão de pessoas participou, na noite dessa terça-feira (14), de uma audiência pública na cidade de São José de Piranhas. A ação faz parte de uma grande mobilização do Movimento Sindical de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (MSTTR) paraibano contra a aprovação no Congresso Nacional do Projeto de Emenda Constitucional sobre da Reforma da Previdência Social.

O evento contou com total apoio dos vereadores e foi acolhido pelo Sindicato dos Trabalhadores Rurais de São José de Piranhas e da Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado da Paraíba (Fetag-PB), através do presidente Liberalino Lucena.

Durante a mobilização, Liberalino fez uma explanação para mostrar os graves prejuízos sociais e econômicos para a sociedade, em especial para a população do Campo, caso seja aprovada no Congresso Nacional a PEC sobre a Reforma da Previdência Social.

O presidente da Fetag-PB disse que é contra qualquer Reforma que represente a perda de direitos, arduamente conquistados. Para ele, a proposta onde homens e mulheres se aposentam apenas aos 65 anos de idade é um absurdo, e fere em cheio os direitos do Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais, que começam a trabalhar muito cedo e hoje se aposentam aos 55 anos as mulheres, e os homens aos 60 anos. Ele falou sobre o sofrimento dos trabalhadores rurais, que começam a trabalhar muito cedo. “Eu por exemplo, comecei a ajudar meu pai na roça aos seis anos de idade e meu primeiro presente foi uma enxada” – disse Liberalino.

Dessa audiência será encaminhado aos deputados e senadores paraibanos um documento pedindo que eles votem contra a reforma previdenciária que tira os direitos trabalhistas adquiridos.

Estiveram presentes o presidente da Câmara, Judivan de Lima e demais vereadores; presidente do Sindicato de São José de Piranhas, Damião Gomes, e a tesoureira Gerlândia Morais; presidente da Fetag-PB, Liberalino Lucena; prefeito Chico Mendes e o vice Juninho Brasileiro; secretários municipais; vereadores e representantes de sindicatos de Cajazeiras, Monte Horebe e Carrapateira, além de centenas de participantes.

Radar Sertanejo

Notícias relacionadas:

Paraíba
Policial
Curiosidades